Home 10 News 10 CHOCANTE: Médica atende aparentemente bêbada em Hospital e discute com paciente. Veja vídeo.

CHOCANTE: Médica atende aparentemente bêbada em Hospital e discute com paciente. Veja vídeo.

Em vídeo enviado pelo whatsapp uma médica aparentemente alcoolizada chega no hospital com som alto em seu veículo e ainda discute com paciente que se sentiu incomodado com o volume.

A médica se chama Cláudia Palmira Ward de Oliveira e trabalha no Hospital São Vicente de Paula na cidade de Ubaitaba.  Por diversas vezes, chegaram até a redação do Ubaitaba.com reclamações que essa médica atendia as pessoas muito mal, desrespeitando-as e em alguns casos chegando até a humilhar as pessoas.

No vídeo, a médica chegou no hospital com o som alto em seu veículo e foi reclamada pelo paciente que não gostou da altura do som. A suposta médica ainda é taxativa: É o meu carro, meu som, e ninguém pagou por isso. Por quê você está incomodado por isso? Você é dono de que? O carro é meu…

Parece que a médica esqueceu a lei do silêncio em qualquer hospital do país.

Em outros trechos do vídeo o suposto paciente reclama da dra. Cláudia dizendo que ela veio trabalhar bêbada e ela, em aparente  estado de embriaguez, não contesta o fato de ter sido chamada de bêbada pela pessoa que fez o vídeo. E ainda completa:

“A cachaça é minha, o som é meu, o carro é meu… Eu não tenho medo de você não, não ameace não!”

“Você não é ninguém rapaz, se incomodando com a vida dos outros”…

Em outro trecho do vídeo ela revela: Sou diretora da m.. que você falou… (em alusão que também seria uma das diretoras do hospital) ando com meu som, bebo minha cachaça, e daí? Qual o problema?

Verificamos que a médica  formou-se em medicina na Universidade de Cochabamba na Bolívia, em 2011, e tentou o revalida no Brasil no mesmo ano e foi reprovada. Mas o seu  CRM – 24584/BA  está regular na Bahia, não pudemos comprovar se ela recorreu ou prestou exame depois.

Mas independente do registro, embora ele seja muito importante, somente as queixas contra essa médica  já seriam motivos de investigação tanto pelo conselho de medicina, quanto pela mesa diretora do hospital. As queixas são inúmeras, nos meios de comunicação da cidade, tanto no site Ubaitaba.com, quanto na FM local. Diversas pessoas enviaram depoimentos à nossa redação. Funcionários do hospital disseram não gostar do tratamento da médica aos pacientes mas preferem não se identificar. (Ubaitaba.com)

“A cachaça é minha, o som é meu, o carro é meu… Eu não tenho medo de você não, não ameace não!” E saiu tocando arrocha raiz.

O nosso espaço está aberto para esclarecimentos de interessados. comunikaprodutora@hotmail.com

 

Atualização: em 30/03, às 07h51

De acordo uma enfermeira do hospital que não quis se identificar, ela justificou que o vídeo é de 03 meses atrás e a médica em questão não estaria de plantão  neste dia, só passou pelo hospital para pegar alguma coisa e logo saiu.

Bem, se realmente ela não estava de plantão, a coisa já muda. Apesar que a lei do silêncio é para qualquer dia.

Mas o vídeo veio à tona agora porque uma pessoa reclamou do atendimento da médica no Facebook e a pessoa que gravou enviou o vídeo para confirmar que essa médica tem agido de forma incorreta constantemente.

Check Also

Evila é convocada para representar o Brasil no Sul-Americano Escolares na Bolívia

A atleta baiana, Évila Michele, de 13 anos, foi convocada pela Confederação Brasileira do Desporto …

Comentários pelo Face:

  1. Médico de plantão pode ir embora do Hospital? Ela não recebe os honorários do plantão para ficar lá durante toda a noite?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: