Home 10 GIRO DE NOTÍCIAS 10 Polícia prende ex-vice-prefeito de Santo Amaro

Polícia prende ex-vice-prefeito de Santo Amaro

Na manhã desta terça-feira (28), foi preso o ex-vice-prefeito da cidade Santo Amaro, Leonardo Pacheco (PSB), em cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça a pedido do Ministério Público estadual.

 

A prisão aconteceu no município que fica no Recôncavo Baiano, e foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O cumprimento do mandado é um desdobramento da Operação Adsumus e decorre das denúncias oferecidas pelos promotores de Justiça Aroldo Pereira e João Paulo Schoucair e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) que foram recebidas pelo juiz Sadraque Oliveira Rios. Ele agora responderá por formar associação criminosa para desvio de recursos públicos.

Pacheco já tinha sido preso também pela Operação Adsumus no ano passado. Leonardo, que estava em liberdade, é acusado de envolvimento em crimes de fraude em licitações, peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa e foi o candidato do atual ex-prefeito, Ricardo Machado (PT), também envolvido em fraudes licitatórias.

Segundo o MP-BA, as pessoas presas durante a operação são acusadas por crimes de fraude em licitações, peculato, lavagem de dinheiro e associação criminosa na montagem e execução de um esquema fraudulento que teria causado um prejuízo de aproximadamente R$ 20 milhões aos cofres públicos.

Ainda de acordo com o MP-BA, a operação identificou 20 contratos, firmados entre 2011 e 2015, que se referem desde reformas de escolas à construção de creches. O órgão diz que foi constatado um total de 18 obras inacabadas, cujos valores contratados estavam incompatíveis com o estágio e a dimensão do empreendimento. Com informações de  Aparecido Silva/Bocão News.

Check Also

Lula não responde a todas as perguntas em depoimento a Moro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não respondeu a todas as perguntas durante audiência …

Comentários pelo Face:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *