Home 10 Tag Archives: bebe

Tag Archives: bebe

Bebê de 8 meses está entre os 7 mortos em acidente com ônibus que saiu de Itabuna

Um bebê de oito meses, identificado como Weslei Silva Ribeiro, que morava em Camacan, no sul da Bahia, é um dos sete mortos no acidente com o ônibus que saiu de Itabuna, também no sul do estado, e tombou na cidade de Brumadinho, Minas Gerais, no último domingo (12). O ônibus tinha a cidade de São Paulo como destino. Segundo informou o G1, a mãe do bebê, Ketiele Silva Santos, permanece internada em estado grave no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. O corpo de Weslei já foi liberado e será sepultado em São Paulo, cidade onde o pai do bebê mora. Outros três baianos que morreram no acidente foram identificados. Vantinei Ferreira Souza, de 43 anos, era de Itabuna. O corpo dele já foi liberado e será velado na manhã de terça-feira (13), na quadra do Colégio Ciso, Em Itabuna. Outra vítima foi Gleice Elma dos Santos, de 36 anos, que morava em Ilhéus. O corpo dela já foi liberado, e o velório está previsto para as 12h de terça. Não há informações sobre o local. A quarta vítima baiana identificada é Leandro Rodrigues Santana, de 33 anos, que morava em Camacan. O corpo de Leandro ainda não foi liberado. Ônibus saiu de Itabuna com destino a SP e acabou tombando no estado de MG. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou nesta segunda-feira (13) que o ônibus que sofreu acidente em Brumadinho, na Grande BH, não tem autorização para fazer a viagem. O veículo saiu de Itabuna (BA) e seguia para São Paulo. O ônibus tombou na Rodovia Fernão Dias na manhã deste domingo (12), no sentido São Paulo. A principal suspeita da polícia é que o ônibus tenha perdido os freios. Seis pessoas foram atendidas no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira. Um dos feridos já recebeu alta e um está em estado grave. Duas pessoas estão internadas no Hospital Regional de Betim. Por telefone, uma funcionária da empresa RC Turismo, dona do ônibus, disse que a documentação do veículo está em dia. A ANTT disse que os fiscais estão acompanhando, junto à Polícia Rodoviária Federal (PRF), os desdobramentos do acidente e tomando as medidas cabíveis. *Informações do G1

Leia Mais »

Bahia: Bebê morre após namorada da mãe incendiar casa

Um bebê de um ano e sete meses morreu na noite desta quinta-feira (26) após a namorada da mãe atear fogo na casa onde eles moravam, em Periperi, depois de uma discussão do casal. Segundo informações da 18ª Companhia Independente de Polícia Militar (18ª CIPM), Ana Cristina Menezes Lima teria discutido com a companheira e mãe do bebê, Maraiza Santos do Rosário, 31 anos, momentos antes do crime.  “A mãe saiu de casa depois da briga e deixou o bebê com a filha maior, que tem uns nove anos. A companheira pegou o bebê, jogou no colchão e tocou fogo, logo depois trancou a casa e tentou fugir”, relata a subtenente PM Kátia, da 18ª CIPM, que atendeu a ocorrência. Populares tentaram linchar Ana Cristina ao perceber a situação. Ela foi encaminhada para o Hospital do Subúrbio para ser atendida e logo em seguida levada para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. A mãe de Gabriel dos Santos Rosário Bonfim, o bebê que morreu, também foi encaminhada para a delegacia. O Corpo de Bombeiros se deslocou para a casa, a Rua Divinéia, mesma rua onde fica o cemitério do bairro, mas o incêndio destruiu a residência. Antes, populares tentaram salvar Gabriel e debelar o fogo, mas ele morreu carbonizado, segundo a Central de Polícias.

Leia Mais »

Porto Seguro: Mulher pôs cabeça do filho em guarda-roupa e corpo em panela de pressão

Renata Cerqueira, de 20 anos, que confessou ter matado o filho de dois meses em Porto Seguro (saiba mais), Costa do Descobrimento, manteve-se calada durante sua apresentação pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (23). “Ela falou que pegou a criança pelas pernas, enfiou a cabeça no vaso sanitário e a afogou. Depois cortou o corpo do bebê três partes. A cabeça foi enrolada e colocada em cima do guarda-roupa. O corpo foi posto dentro de uma panela de pressão, que ela guardou no armário”, contou o delegado Delmar Bittencourt. De acordo com o site Radar 64, Bittencourt ainda acrescentou que a mulher cometeu o crime sozinha. A polícia trabalha com a suspeita de que Renata tenha cometido o crime como uma forma de se vingar do pai da criança, que se separou dela logo no começo da gravidez. “Ele insistia em retomar o relacionamento, mas ela não aceitava. Isso foi atormentando ela, até que no sábado resolveu matar a criança”, conclui. Renata foi autuada em flagrante por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e falsa consumição de crime. Ela segue presa na delegacia de Eunápolis.

Leia Mais »

Porto Seguro: Bebê de três meses é raptado da casa da mãe

Porto Seguro: Bebê de três meses é raptado da casa da mãe

A polícia de Porto Seguro realiza buscas, desde o começo da noite do último sábado (20), com o objetivo de localizar o bebê Natan Vítor Cerqueira de Jesus, de três meses. Ele foi raptado da casa da mãe, no bairro Mercado do Povo, Complexo Baianão, por volta das 17h30. O caso também comoveu a comunidade local, que ajuda na procura. A mãe da criança, Renata Cerqueira, 20 anos, contou para a polícia que estava no quintal lavando louças e não teria visto quando o filho foi levado. Segundo o delegado Wendel Ferreira, ela disse que não ouviu nada porque o aparelho de som e a máquina de lavar estavam ligados. “Ela falou que o portão da casa estava aberto e que só tomou conhecimento que o filho não estava mais sala quando a mãe dela chegou em casa e não viu o neto”, informa Wendel. O delegado falou que duas crianças que estavam brincando na rua dizem ter visto uma mulher saindo da casa com o bebê no colo. Ainda de acordo com o relato, a mulher – que seria de estatura mediana e de cabelos castanhos -, correu até uma esquina e entrou em um carro cinza que faz o transporte de lotação. Na mesma noite, o delegado recebeu, por meio de denúncia anônima, foto e endereço da suposta mulher. As crianças reconheceram a suspeita pelas imagens. Ela ainda não foi localizada. Wendel Ferreira frisou ainda que conversou com o pai do bebê – que não mora com a mãe e ele declarou que não teve qualquer envolvimento com o rapto. Natan Vítor morava com a mãe e a avó na casa onde foi sequestrado. Os investigadores já estão analisando imagens de câmeras de segurança instaladas na rua onde aconteceu o crime. Quem tiver alguma informação pode colaborar com a polícia, por meio dos telefones 190 (Central da PM) ou (73) 3268-1783 (1ª Delegacia Territorial). O nome do denunciante será mantido em sigilo. (Radar64)

Leia Mais »

Mãe mata filho de dez meses para se vingar do companheiro

A dona de casa Aline Alves de Jesus, 28 anos, foi detida na manhã desta quinta-feira, 30, suspeita de matar o próprio filho, um bebê de apenas 10 meses, durante uma discussão com o marido, durante a madrugada. O crime ocorreu na casa do casal, na Rua São Francisco, na Lama Preta, em Camaçari (Grande Salvador). Na delegacia, ela contou que arremeçou o pequeno Messias de Jesus Leite ao chão, para se vingar do companheiro, um homem identificado apenas como Leite. “Fui eu mesma. Foi só uma brincadeira, queria dar um susto nele, queria me vingar. Quando fiz que ia jogar o menino no chão, ele escorregou e bateu a cabeça”, lembrou a mulher, afirmando que não tinha a intenção de matar o filho. Desnorteada e gritando muito, ela afirmou que brigas entre ela e o companheiro eram constantes. “Ele gasta o dinheiro da minha pensão todo com cachaça. Tenho que pagar R$ 400 no bar, não sobra nada para comprar as coisas para dentro de casa”, revelou a mulher, chorando. Ela afirmou ter problemas psicológicos e tomar remédios controlado. De acordo com a delegada Taís Siqueira, titular da 18ª Delegacia de Camaçari, uma vizinha do casal afirmou que Aline já vinha ameaçando matar a criança. ” A vizinha disse que ouviu ela dizer que ia matá-lo. Essa não foi a primeira vez que ela agrediu o bebê. Conseguimos prendê-la, mas infelizmente, a criança morreu”, lamentou a delegada. *Informações do A Tarde.

Leia Mais »

Bebê que foi mordido pelo padrasto pode ter pênis amputado, diz polícia

O menino foi levado a um hospital no domingo com hematomas e marcas de mordidas. O bebê de um ano e quatro meses que foi agredido e estuprado pelo padrasto em Manaus corre risco de ter o pênis amputado, segundo informou nesta terça-feira (14) a Polícia Civil do Amazonas. O garoto segue hospitalizado, desde domingo, após sofrer as agressões. O padrasto, que é adolescente, foi apreendido e confessou o crime. Segundo o Extra, o último boletim da Secretaria de Saúde do Estado do Amazonas informa que o estado de saúde do garoto é estável. O laudo da perícia aponta que ele sofreu laceração peniana, lesões corporais, edemas corporais e fissura na parte anal. O garoto está sob cuidado do Estado, mas tem autorização de receber visita da família – a mãe dele foi presa por suspeita de participar no caso. Crime O padrasto da vítima, um adolescente de 17 anos, confessou ser o autor das lesões e do estupro contra o menino; a mãe da criança, de 22 anos, também é suspeita do crime, mas nega participação nas agressões. O menino foi levado a um hospital no domingo com hematomas e marcas de mordidas. Os médicos acionaram a polícia. Na ocasião, a mãe disse não saber como o filho tinha se ferido, alegando que estava dormindo e quando acordou já o encontrou daquele jeito. Disse também que os hematomas eram de um acidente de alguns dias. O padrasto da vítima acabou confessando o crime e disse que estava sob efeito de drogas quando agiu. A mãe e o padrasto foram indiciados por tortura e estupro de vulnerável. A mulher também vai responder criminalmente por omissão. *Correio

Leia Mais »

Aurelino Leal: Pais de bebê com síndrome de down lutam pela vida da criança. Entenda o caso.

Os pais do bebê Miguel Santos Barbosa de apenas 02 meses, com síndrome de down, lutam pela vida do filho que está internado ha 3 semanas com várias complicações de saúde, no Hospital Manoel Novaes em Itabuna. O bebê necessita ser transferido para Salvador numa UTI Móvel e lá precisará fazer uma cirurgia cardíaca para sobreviver. Procuraram a reportagem do Ubaitaba.com, Monica Francisca dos Santos  e Cássio de Souza Barbosa que são os pais do menino Miguel de apenas 02 meses de idade para pedir ajuda de quem puder ajudar, pois seu filho necessita fazer uma cirurgia no coração para continuar vivo. A criança que nasceu com síndrome de down, está com outras complicações e uma delas é o fluxo irregular no coração além de cianose e pneumonia, por isso, necessita fazer uma cirurgia que só será possível em Salvador ou São Paulo. Os pais do bebê nos contaram que  procuraram diversos meios, recorreram até mesmo a prefeita da Aurelino Leal, Liu Andrade,  para ajudar, e que ela teria ligado para um deputado ligado a ela. Mas a resposta foi no mínimo cômica, para não dizer absurda, segundo eles, o deputado teria dito que  pelo SUS  – Sistema Único de Saúde – só poderia conseguir vaga se alguém morresse ou se mandasse matar”. Acreditamos que foi força de expressão do deputado, mas essa história serve para reforçar como é difícil conseguir ser bem atendido pelo SUS no momento em que a pessoa necessita do sistema de saúde público. O mais grave é que a criança está internada em estado grave, não conseguem transferir para Salvador pois necessitam de UTI móvel, além de não conseguir vagas no hospital em Salvador e os pais não sabem bem a quem recorrer. Eles estão fazendo o possível, inclusive, nesta quinta-feira, procuraram a sede da TV Record em Itabuna para ver se conseguem ajuda. A esperança deles é que alguém, ou algum veículo de comunicação de maior importância veja essa reportagem e possa ajudar eles. O pai é ajudante de pedreiro e a mãe é dona de casa, no momento ele está cuidando do filho e não está conseguindo trabalhar, o que está agravando ainda mais a situação deles. Esse não é nenhum escândalo com nome de famosos, não é nenhuma mulher nua, nenhuma farsa, notícias que normalmente tomam grande proporções rapidamente. É apenas a vida de uma criança, de 02 meses, que mesmo tendo nascida doente, com síndrome de down, seus pais estão sendo um exemplo e lutando pela vida do seu bebê. Quem quiser ajudar aos pais do garoto pode ligar para (73) 98191-9599, fale com Mônica ou Cássio. (Ubaitaba.com) Veja o laudo médico.

Leia Mais »

Mulher dá à luz bebê com duas cabeças na Índia; veja foto

Criança tem um corpo normal, com duas cabeças normais. Caso raro acontece em 1 entre 100 mil partos. Uma mulher de Bangladesh levou um susto ao dar à luz e perceber que o seu bebê, uma menina, nasceu com duas cabeças em um único corpo. A criança nasceu nesta última quarta-feira (11), e tem uma condição rara, que acontece em um entre 100 mil nascimentos. O pai da criança, Mia Jamal, revelou ter se impressionado muito quando a viu. “Ela tem duas cabeças completamente desenvolvidas. Ela está comendo com duas bocas e respirando com dois narizes. Ainda assim, agradeço a Deus que ela e a mãe estejam bem agora”, comentou o pai da recém-nascida em entrevista à agência de notícias AFP. Conhecida como parapagus dicephalic, a condição que afeta a menina é uma modalidade muito incomum de ajuntamento de gêmeos, onde apenas um único organismo se desenvolve. Por conta disso, a menina tem dois braços, duas pernas e apenas um conjunto de órgãos vitais. “Exceto por ter duas cabeças, o recém-nascido tem o resto de seus órgãos e membros como um recém-nascido normal”, disse o dono do Hospital Padrão de Total Healthcare, onde a menina nasceu, para a AFP.  (Correio)

Leia Mais »

Bebê encontrado dentro de sacola no meio da rua em Itapetinga

Um recém nascido foi encontrado na manhã desse sábado (31), dentro de uma sacola no meio fio de uma rua no Bairro Vitória Régia em Itapetinga. A criança estava totalmente despida e ainda se encontrava com o cordão umbilical, fato que comprova o nascimento recente. Segundo informes, um rapaz passava pelo local, quando ouviu um choro vindo de dentro da sacola, ele acreditou se tratar de filhotes de gato, e ao abrir a sacola se assustou ao ver um bebê recém nascido. Rapidamente, o jovem acionou a Polícia Militar e o Samu 192. Socorristas compareceram no local e efetuaram os primeiros socorros na criança, posteriormente o bebê foi conduzido para o Hospital Cristo Redentor, onde passou por exames médicos. A mãe do bebê ainda não foi identificada. A Policia Civil se encontra investigando o caso. (Verdinho Itabuna)

Leia Mais »

Carro com turistas capota na BR 030

Um carro, tipo Novo Uno com placa de Salvador, capotou ontem (08) à noite na BR 030 próximo ao farol de Taipús. O veículo transportava 3 jovens, 1 bebê, além da condutora identificada como Ana. Ninguém se feriu no acidente Mais informações a qualquer momento.

Leia Mais »

Brasil: Mãe dá cocaína a bebê de dois meses e criança morre

Uma mulher provocou a morte de seu filho de dois meses, na noite desta segunda-feira (5), após dar cocaína para o bebê. De acordo com informações da Polícia Civil, Naiara Fernanda Bezerra, de 21 anos, foi presa em flagrante em São Paulo e confessou ter colocado uma porção de cocaína na boca da criança. O menino foi encontrado caído no chão do banheiro da casa onde vivia com a mãe, segundo o R7. Ao lado dele, foram encontrados 21 pinos da droga. A polícia chegou à casa depois que vizinhos denunciaram uma movimentação estranha na residência. Testemunhas afirmaram ainda que Naiara é usuária de drogas e sofre de depressão.*G1

Leia Mais »

Itapetinga: Bebê tem cabeça arrancada e morre em parto

Um médico é investigado suspeito de ter arrancado a cabeça de um bebê durante um parto realizado no Hospital Cristo Redentor, na cidade de Itapetinga, região sudoeste da Bahia, de acordo com a Polícia Civil. Ele foi afastado para apuração do fato, informou nesta quinta-feira (24) a direção do hospital junto com a Fundação José Silveira, mantenedora da instituição. A queixa foi registrada na polícia por Paulo César Moreira da Silva, o pai da criança. A mãe passa bem. Segundo Paulo Silva, além da cabeça, duas clavículas foram quebradas no procedimento, o que teria sido informado a ele pelo próprio médico. A família afirmou que o parto foi normal. O G1 não conseguiu contato com o médico. A situação ocorreu no dia 6 e a queixa registrada no dia 8 de setembro.O delegado titular Roberto Gomes Júnior, que investiga o caso, contou que o pai relatou, em depoimento, que a mulher chegou à unidade perdendo líquido. O médico mora na cidade de Camacan, na região sul, e será intimado a prestar depoimento na próxima semana. Um ofício foi enviado ao hospital para que informações do prontuário sejam disponibilizadas e a exumação do corpo vai ser solicitada ao Departamento de Polícia Técnica (DPT). O objetivo é saber a “real” causa da morte, informou o delegado. *G1

Leia Mais »

Teixeira de Freitas: Bebê nasce durante visita de mãe a companheiro detido

Uma mulher deu a luz uma menina dentro do Conjunto Penal de Teixeira de Freitas, no extremo sul do estado. O parto ocorreu durante uma visita de Graziele Martins ao companheiro, que é detento no local. Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), o caso ocorreu no domingo (14), por volta das 15h30. Com a mulher em trabalho de parto, uma unidade do Samu foi chamada, mas Graziele deu à luz antes de a ambulância chegar. Três agentes penitenciários colaboraram no procedimento. Realizado o parto, mãe e bebê foram levados para a maternidade de um hospital local. Não foi divulgado o estado de saúde deles. (Bahia Notícias)

Leia Mais »

Morre recém-nascida encontrada por crianças em matagal no Sul da Bahia

A bebê-recém nascida que foi encontrada por crianças em um matagal do município de Mucuri, no Extremo Sul da Bahia, morreu na madrugada desta quinta-feira (27) em um hospital de Teixeira de Freitas. De acordo com a Secretaria de Saúde do município, a criança deu entrada na UTI neonatal da Unidade Municipal Materno Infantil por volta das 22h da quarta (26), mas devido ao delicado estado de saúde, não resistiu e morreu. De acordo informações da Polícia Militar, a criança foi encontrada por volta das 11h de ontem, no bairro de Cidade Alta, distrito de Itabatã. A recém-nascida foi encontrada ainda com cordão umbilical por duas crianças que ouviram o choro e chamaram um adulto. Esse adulto acionou a PM, que realizou o resgate da criança.  O bebê nasceu prematuro, de 7 meses, e pesava pouco mais de 1,5 kg. Após o resgate, a guarnição da 89ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) encaminhou a criança para o Hospital São José, onde ela foi mantida na incubadora até ser transferida para Teixeira de Freitas. O corpo da recém-nascida foi encaminhado para o Instituto Médico Legal da região para descobrir a causa da morte. Segundo informações da Delegacia de Mucuri informou que até o momento não há informações sobre familiares da criança. *Correio24h.

Leia Mais »

Casal em moto é detido por levar bebê dentro de mala em Pernambuco

Um casal em uma moto foi flagrado levando um bebê de quatro meses dentro de uma mala de viagem, na BR-104, no município de Caruaru, em Pernambuco, na manhã desta quarta-feira (26). Segundo a Polícia Rodoviária Federal informou ao Correio, os dois são pais da criança e foram abordados após denúncias anônimas. Em depoimento, o casal informou que estava indo trabalhar e, como não tinha com quem deixar o bebê, nem dinheiro para se deslocar em um transporte público, acabou levando a criança escondida na mala. De acordo com o delegado, o casal vai responder por crime de maus tratos, majorado em 1/3 da pena por se tratar de vítima menor de idade. O bebê foi levado ao Conselho Tutelar do município. (Bahia Notícias)

Leia Mais »

Grávida que vinha do ES para Itabuna ganha bebê em rodoviária

Uma gestante, passageira da Viação Águia Branca, identificada pelo prenome de Vanessa, viajava de Vitória para Itabuna e, ao chegar à Rodoviária de Teixeira de Freitas, começou a sentir fortes dores.  De imediato, a agente de vendas entrou em contato com Samu 192, e quando o socorro chegou, não deu tempo de encaminha-la para o Hospital e ela acabou ganhando o neném dentro da rodoviária. Vanessa estava acompanhada de seu esposo, e segundo ele, estava levando a Vanessa para ganhar bebê em Itabuna, já que a sogra iria ajudá-la. “Foi uma surpresa, achávamos que iria dar tempo de chegar ao nosso destino. Eu precisava ir para Itabuna, procurei os responsáveis da agência, mas eles disponibilizaram hotel e alimentação, e pude ficar com minha esposa na cidade, tudo muito emocionante, obrigado a todos que nos ajudaram”, disse o esposo. A mamãe saiu da maternidade, e foi para hotel e,em seguida, toda a família embarcou com destino a Itabuna. (Liberdade News)

Leia Mais »

Brasil Marido confessa ter matado mulher e filha bebê em casa de veraneio no Ceará

Suspeito chorou e disse que brigou com a mulher. O marido confessou na tarde desta segunda-feira (24) ter matado a mulher e a filha de oito meses em Paracuru, no litoral do Ceará. O suspeito de 37 anos disse que costumava brigar sempre com a mulher e que atirou nela e na bebê no quarto da casa de veraneio. A confissão aconteceu na própria casa onde o crime aconteceu. O suspeito Marcelo Barbarena, 37, foi levado para participar de uma perícia da Polícia Civil. “Ele chorou e disse que estava arrependido. Falou que teve uma discussão banal com a mulher antes de dormir e que atirou nela depois que se deitou. Ele disse que não lembra o motivo da briga”, disse ao G1 a delegada Socorro Portela, da Divisão de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Os corpos de Adriana Moura de Pessoa Carvalho Moraes, 38, e da bebê Jade Pessoa de Carvalho, de apenas oito meses, foram achados na manhã de domingo. Elas foram mortas com tiros na cabeça e nas costas, respectivamente, quando dormiam, segundo a perícia. Ontem, Marcelo negou os crimes. Ele disse à polícia que a casa foi arrombada e que não ouviu os barulhos de tiros. A polícia o pressionou depois que ele começou a cair em contradições em relação ao próprio depoimento e também ao que foi dito pelo irmão e pela cunhada, também testemunhas. A polícia também não encontrou nenhum sinal de arrombamento na casa. Uma mensagem em um grupo de WhatsApp com a família dos envolvidos dizia que Marcelo confessou o crime ainda na casa, antes da polícia chegar. A polícia viu a mensagem no celular da própria Adriana. Marcelo foi quem chamou a polícia. “Segundo a versão dele, acordou às 6 horas e foi olhar a esposa, que dormia em outro quarto. Quando mexeu nela notou que estava fria, então viu o sangue e percebeu que estava morta. Depois viu que a criança também estava morta”, contou o capitão da PM Charles Robert ao jornal O Povo. Os corpos das duas foram sepultados nesta manhã. Um revólver de calibre 38 foi achado no bebê conforto. Marcelo tinha mais armas, incluindo revólveres e espingardas artesanais. A polícia não confirmou se ele tinha registro desse armamento. A família morava no bairro Cocó, em Fortaleza. Adriana trabalhava como contadora em uma multinacional e o marido como gerente em outra empresa. O casal tinha outra filha de 7 anos, que estava na casa no momento do crime – ela dormia com o pai em um quarto, enquanto a mãe e a bebê dormiam em outro.*Correio da Bahia  

Leia Mais »

Bebê ‘transformado’ em abóbora come fantasia de Halloween nos EUA

Jude Whittington, de 7 meses, participava de festival de fotos. O Dia das Bruxas é comemorado no dia 31 de outubro. Um bebê de 7 meses que foi colocado dentro de uma abóbora para o Halloween, o Dia das Bruxasnorte-americano, foi flagrado comendo sua fantasia nesta quarta-feira (23). Jude Whittington foi fantasiada por seus pais, Colin e Katie Whittington, para participar de um festival de fotos em Memphis, no Tennessee. O Dia das Bruxas é comemorado no dia 31 de outubro. (G1)

Leia Mais »

Bebê dado como morto ‘ressuscita’ em hospital do MS

Um bebê que foi dado como morto horas depois do nascimento se mexeu no momento da necrópsia, no Hospital Universitário de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, nesta segunda-feira. O recém-nascido foi levado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A família já preparava o velório quando recebeu a notícia de que o bebê estava vivo. O Conselho Regional de Medicina (CRM) apura o caso e pediu explicações ao hospital. Segundo a família, a mãe, de 17 anos, descobriu durante um ultrassom que o bebê tinha um problema de saúde e que o parto deveria ser antecipado. Ele nasceu aos seis meses, com 25cm e pesando 450 gramas. Cinco horas depois, os médicos disseram que o recém-nascido não tinha resistido. No fim daquele dia, a família soube por uma médica que durante o exame necroscópico a criança se mexeu e foi levada para a UTI. A mãe decidiu batizar o bebê de Kauã Lázaro, relembrando a história bíblica de um homem que foi ressuscitado por Jesus quatro dias após ter morrido. O hospital ainda não se manifestou sobre o caso. Informações do O Globo.

Leia Mais »