Conecte-se conosco

News

Itacaré continua com a vacinação contra o sarampo e a gripe Influenza

Publicado

em

A campanha de vacinação contra o sarampo e a gripe Influenza continua sendo realizada pela Prefeitura de Itacaré, nos postos de saúde e com unidades volantes na zona rural, com o objetivo de imunizar um número cada vez maior de pessoas contra essas doenças. A campanha vai até o dia 03 de junho e a orientação é que todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários procurem as unidades de saúde para a imunização.

Em Itacaré a vacinação está sendo realizada em todas as unidades de saúde. Já no distrito de Taboquinhas a imunização acontece no Posto de Saúde Maria de Lourdes. No distrito de Água Fria a vacinação ocorre no PSF, sempre nas sextas-feiras. Já nos postos de saúde Lia Nascimento e Jairo Carneiro a imunização é feita nas segundas-feiras.

 

Nessa etapa estão sendo vacinadas contra o sarampo as crianças menores de 5 anos e trabalhadores de saúde. Já contra a Influenza devem se vacinar as crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais e pessoas com deficiência permanente.

Também serão vacinados contra a influenza os profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade. A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos elegíveis.

 

O sarampo é uma doença infecciosa, aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, particularmente em crianças menores de um ano de idade.  A vacinação contra o sarampo permitirá interromper a circulação ativa do vírus do sarampo no país, minimizar a carga da doença, proteger a população, além de reduzir a sobrecarga sobre os serviços de saúde em decorrência de mais esse agravo.

Notícias da Semana

Copyright © 2021 Ubaitaba.com. Uma empresa do grupo Comunika