Home 10 Bahia 10 Seis prefeitos de capitais são citados nas delações da Odebrecht
ACM Neto (DEM) - Jorge William / Agência O Globo

Seis prefeitos de capitais são citados nas delações da Odebrecht

Seis prefeitos de capitais foram citados nas delações da Odebrecht e tiveram as petições com indícios de irregularidades remetidas a outras instâncias da Justiça pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal.

Fachin encaminhou os pedidos feitos pela Procuradoria-Geral da República da República (PGR) a instâncias inferiores porque os delatados não têm foro privilegiado na Suprema Corte.

O teor dos pedidos não é conhecido ainda, mas, em geral, a PGR pede autorização para abertura de inquérito para investigar a prática de crimes. Os prefeitos delatados são ACM Neto (Salvador), Luciano Rezende (Vitória), Iris Rezende (Goiânia), Clécio Vieira (Macapá), Arthur Virgílio Neto (Manaus) e Firmino Filho (Teresina).

A lista inclui citados de vários partidos, como o PPS de Luciano Rezende, o PSDB de Firmino Filho e Arthur Neto, e até a Rede, de Clécio Vieira, uma sigla com pouco tempo de existência. Dos seis prefeitos citados nas delações, quatro foram reeleitos no último pleito. A exceção fica com Iris Rezende, que já havia ocupado a prefeitura de Goiânia no passado e voltou ao cargo na eleição passada, e Clécio Vieira, novato na cadeira.

Fachin abriu 76 inquéritos contra políticos a partir do conteúdo da delação da Odebrecht. Serão investigados no Supremo, 8 ministros, 29 senadores e 42 deputados federais, 3 governadores e um ministro do Tribunal de Contas da União (TCU). (O Globo)

 

Check Also

Acusado de ameaçar de morte dono de site em Lauro de Freitas, funcionário do município nega

Citado como responsável por uma suposta ameaça de morte contra o dono do site Tribuna …

Comentários pelo Face:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: