Home 10 Tag Archives: de olho no esporte

Tag Archives: de olho no esporte

Ubaitaba vence Teixeira de Freitas fora de casa e da um grande passo rumo as oitavas de final

Na tarde deste domingo 16, jogando em seus domínios no estádio Tomatão, a seleção de Teixeira de Freitas recebeu a seleção de Ubaitaba, no jogo de ida valido pela terceira fase do Campeonato Intermunicipal, o selecionado não soube aproveitar o fator campo e foi derrotada pelo placar de 3 a 1. A seleção de Ubaitaba começou a construir sua vitória aos 23 minutos de primeiro tempo com gol de cabeça do atacante Yuri, aos 38 minutos veio a grande oportunidade da seleção de Teixeira de Freitas empatar o jogo em uma cobrança de pênalti, o meia Isaac Costa cobrou pra fora. Com 1 minuto do segundo tempo o zagueiro Acácio fez 2 a 0 para a seleção de Ubaitaba, a garotada da seleção Teixeirense, não se abateu e foi em busca de seu primeiro gol e aos 14 minutos em uma cobrança de pênalti o zagueiro João cobrou e diminuiu o placar do jogo deixando assim Teixeira 1X2 Ubaitaba. Depois do gol a seleção de Teixeira de Freitas, passou a pressionar a seleção de Ubaitaba, e aos 24 minutos em um conta ataque o atacante Adriano Garrote fez o terceiro gol da seleção de Ubaitaba, o gol que decretou de vez a vitória da seleção da cidade das canoas. No próximo domingo 23, a seleção de Teixeira de Freitas vai até a cidade de Ubaitaba precisando vencer a seleção da cidade das Canoas por uma diferença de três gols para se classificar para oitavas de final da competição, em caso de uma vitória por dois gols de diferença o jogo será decidido através da marca do tiro livre penal, já a seleção de Ubaitaba pode até perder por um gol de diferença que garante vaga nas oitavas de final da competição. Imprensa presente que fizeram a cobertura exclusiva deste jogo, foram Reynaldo Oliveira do Blog Boquinha Polemica No Esporte, Amadeu Ferreira da Rádio Web Regional de Teixeira de Freitas e Jornal Tribuna no Esporte e Luan Mota do Esporte na Mídia. FICHA TÉCNICA: Seleção de Teixeira de Freitas 01X03 Seleção de Ubaitaba Cidade: Teixeira de Freitas   Estádio: Antônio Rodrigues Santana (Tomatão) Data: 16-10/2016   Horário: 1500 Competição: Campeonato Intermunicipal de Futebol Amador – 2016 A Seleção de Teixeira de Freitas jogou perdeu com: 1- Yuri, 2- Léo Gago (7- Levi), 13- Eduardo Piolho, 3- Saulo Bebezão, 4- João, 6- Pedro Henrique, 5- Adson Serrote, 8- Negon, 10- Isaac Costa (19- Leon Mustela), 9- Marcelo (13- Isaac Rego) e 11- Piolho Técnico: João Carlos Gol: João Cartão amarelo: Yuri e Negon Cartão vermelho: Piolho e Negon A Seleção de Ubaitaba jogou e venceu com: 1- Folha, 2- Maycon, 3- Zé Diego, 4- Acácio, 6- Pelezinho (13- Danilo), 5- Rafael, 7- Neto (19- Davi), 8- Cuinho, 20- Jean, 9- Henrique (16- Miucho), 11- Yuri (18- Adriano Garrote). Técnico: Lico Gols: Yuri, Acácio e Adriano Garrote Cartão amarelo: Zé Diego Cartão vermelho: Rafael Árbitro Central: Wilde Vieira dos Santos/FBF/Pau Brasil Árbitro Assistente 01: Cezar Santos Nascimento/FBF/Buerarema Árbitro Assistente 02: Uelton Bispo Bonfim/FBF/Itamarajú Quarto Árbitro: Marcos José Almeida Franco/FBF/Teixeira de Freitas Fonte: Boquinha Polemica No Esporte

Leia Mais »

‘Esperei a vida inteira por isso’, diz Amanda Nunes sobre confronto com Ronda Rousey

O que promete ser a luta do UFC mais esperada do ano pelos brasileiros, tem um peso ainda maior para uma das personagens do duelo: a baiana Amanda Nunes que, no dia 30 de dezembro, defendeu seu cinturão contra ninguém menos que Ronda Rousey.   Campeã dos galos do UFC, Amanda classifica o confronto, que será realizado em Las Vegas, nos Estados Unidos, como o mais importante da sua vida. “Esse é o momento pelo qual venho esperando a minha vida inteira. Venho treinando para enfrentar a Ronda desde a minha primeira luta no UFC. Essa luta vai mudar a minha vida. Treinei judô minha carreira inteira, desde que comecei no jiu-jítsu. Acho que ela não vai conseguir lidar com a minha trocação, vai ficar muito surpresa quando eu tocá-la, quando eu conectar meus socos. Sei todas as cartas que ele pode colocar na mesa e tenho 200% de chance de vencer essa luta”, disse a campeã em entrevista ao TMZ. Amanda Nunes conquistou o cinturão dos galos do UFC em junho deste ano, após derrotar Miesha Tate no primeiro round. Já Ronda Rousey está longe dos octógonos desde novembro de 2015, quando foi nocauteada por Holly Holm, que deu fim à sua invencibilidade e ao cinturão da categoria.

Leia Mais »

Bahia passa fácil pelo Tupi e se mantém na briga pelo acesso

Bahia passa fácil pelo Tupi e se mantém na briga pelo acesso

O Bahia se mantém vivo no sonho pelo acesso à Série A. Num jogo fácil neste domingo (9), pela 30ª rodada da Série B, o time comandado por Guto Ferreira fez 4 a 0 no Tupi, na Arena Fonte Nova. Cajá, Wesley Natã, Juninho e Régis marcaram os gols. Com o resultado, o Esquadrão de Aço ocupa a sexta posição, com 46 pontos ganhos, dois a menos que o quarto colocado Avaí. O próximo adversário do Bahia será o Brasil de Pelotas, nesta sexta-feira (14), às 21h30, na Arena Fonte Nova. (Bahia Notícias)

Leia Mais »

Bahia anuncia empréstimo de Luisinho para clube árabe

Bahia anuncia empréstimo de Luisinho para clube árabe

O atacante Luisinho não vai continuar no Bahia para a reta final da Série B do Campeonato Brasileiro. Na tarde desta quinta-feira (22), o clube anunciou através de nota que o atleta vai ser emprestado ao Al Faisaly, da Arábia Saudita, até junho de 2017. Luisinho, que tem 25 anos de idade, atuou em 39 partidas, marcou seis gols e efetuou quatro assistências. Seu contrato com o Esquadrão vai até dezembro do próximo ano. (Bahia Notícias)

Leia Mais »

TVE Bahia transmitirá com exclusividade os jogos do Campeonato Intermunicipal de Futebol

TVE Bahia transmitirá com exclusividade os jogos do Campeonato Intermunicipal de Futebol

Maior competição de futebol amador do país, o Campeonato Intermunicipal de Futebol da Bahia tem agora sua emissora de televisão oficial. A Federação Bahiana de Futebol (FBF), o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia (Irdeb) firmaram acordo para que a  TVE Bahia transmita ao longo dos próximos três anos a competição, sucesso de público nos estádios do interior. Os jogos serão exibidos, partir das Oitavas de Final, que começam no dia 30 de outubro. A cada domingo, uma partida do campeonato será transmitido ao vivo a partir das 15h. A parceria foi formalizada no último dia 14, dia do aniversário de 103 da FBF, na sede da FBF, em uma cerimônia com a presença de presidentes e dirigentes de clubes e ligas municipais. “Começa hoje aqui uma nova história, uma nova fase do Intermunicipal. Essa competição tão grandiosa, que gera empregos, revela jogadores, árbitros e ainda tira centenas de jovens do caminho da violência e das drogas ganhou um grande parceiro. Hoje a FBF completa 103 anos e agradece o apoio do Irdeb, que acreditou na força da competição. Até 2018, teremos a TVE como a emissora oficial da competição, transmitindo jogos a cada rodada. Isso fortalece ainda mais o Intermunicipal. Estamos empolgados e confiantes de que essa parceria renderá ainda mais frutos à Federação e ao campeonato”, comemorou o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues. Já o diretor geral do Irdeb, Flávio Gonçalves, destacou a satisfação da TVE  de ter a Federação e o Intermunicipal como parceiros. “Quando cheguei em Salvador no mês de fevereiro, saí em busca de novos parceiros. Nós não pensamos duas vezes em procurar a Federação Bahiana de Futebol, uma entidade respeitada, organizada, que administra um futebol tão importante para o país, que é o baiano. Como somos uma TV pública, educativa, temos o compromisso de educar e dar visibilidade ao que é patrimônio do estado. Por isso escolhemos o Intermunicipal, um campeonato que já é forte e envolve, diretamente, cerca de 200 municípios da Bahia. Nossa prioridade é produzir conteúdos para e com a juventude. E nesse campeonato todos os atletas são jovens que estão começando e amanhã podem ser conhecidos através da TVE e terem um futuro melhor”, disse. As transmissões seguirão nas edições 2017 e 2018 do campeonato que já revelou para o futebol brasileiro e mundial grandes craques que fizeram história em clubes e seleções. É o caso do baiano Liédson, que empresta seu nome ao troféu de campeão desta edição. Ele iniciou a carreira na Seleção de Valença, disputando um Intermunicipal, e deu a volta ao mundo defendendo grandes clubes e a Seleção de Portugal, após ter se naturalizado.

Leia Mais »

No salto, Ricardo de Oliveira conquista primeiro ouro da Paraolimpíada

No salto, Ricardo de Oliveira conquista primeiro ouro da Paraolimpíada

Ricardo de Oliveira conquistou o primeiro ouro do Brasil na Paraolimpíada. Ele foi campeão no salto em distância na categoria T11 (cego total). Para ficar com a medalha dourada, o atleta saltou para 6,52 m contra 6,44 m do americano Lex Gillette. A marca do brasileiro o deixou a 15 centímetros do recorde olímpico. Ao falar sobre a conquista, Ricardo revelou que ficou noites sem dormir para melhorar sua performance. “Estava treinando muito, de manhã e de tarde, cheguei a ficar noite em claro, meditando. Hoje, estou comemorando resultado que tenho sofrido muito para conquistar”, falou. O brasileiro, vale lembrar, não começou bem na disputa. Em seu primeiro salto, ele queimou. Mas, logo na sequência, se recuperou e mostrou para que veio. “Eu senti que o ouro estava perto quando finalizei o salto. Ali eu senti que tinha pego o ouro se eu não tivesse queimado. No momento que eu saí da caixa de areia, estava muito preocupado mesmo em ter queimado”, revelou. O brasileiro terminou a disputa com quatro dos cinco melhores saltos da prova. Ele também disputará os 100m e avisou: “Vou dar trabalho!”. *Uol Esportes

Leia Mais »

Itacaré: Jovens dominam Atletismo nos Jogos Escolares em Taboquinhas

Taboquinhas confirma favoritismo e domina Atletismo nos Jogos Escolares

Na última quarta-feira (24) os atletas Taboquinhenses que estudam na Escola Paulo Souto e Colégio Estadual confirmaram favoritismo e dominaram a competição de Atletismo, conquistando 12 medalhas. Os Jogos Estudantis da Rede Pública (Jerp), realizado pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia em parceria com o município de Ilhéus, que teve abertura da 9° Etapa dos jogos na segunda-feira (22) em Ilhéus, no Ginásio de Esportes Herval Soledade,  vai acontecer até a sexta-feira (26). São os atletas e estudantes: Izaira – 1° lugar nos 400 metros e 3° lugar nos 800 metros; Tiffany – 1° lugar nos 250 metros e 2° lugar nos 800 metros; Maire – 1° lugar nos 100 metros e 2° lugar nos 400 metros; Evila – 1° lugar nos 800 metros; jonh Lenon – 1° lugar nos 1.500 metros; Helton – 1° lugar nos 100 e 250 metros; Marinaldo – 3° lugar nos 400 metros; Vitor – 2° lugar nos 400 e 1.500 metros. Equipe “Aço Puro” -Técnico: Tiago Marcel Andrés. Auxiliar: Ivan Jorge. Apoio: Acadêmia Ordo Salutis, Colégio Estadual de Taboquinhas, Josimar Vasconcelos e Vereador Maurício Setúbal. (Taboquinhas Informa)

Leia Mais »

Rui solicita ao Ministério dos Esportes apoio para centro de canoagem em Ubaitaba

Rui solicita ao Ministério dos Esportes apoio para centro de canoagem

O nome da Bahia tem tudo para ser ainda mais divulgado nas próximas olimpíadas. É que, nesta terça-feira (23), o governador Rui Costa esteve com o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani, para reforçar uma solicitação que chegou à pasta em 2015: a construção do Centro de Treinamento de Canoagem na região de Ubaitaba, por onde passam as águas do Rio das Contas. Os recursos são de aproximadamente R$ 8 milhões. O exemplo do medalhista olímpico Isaquias Queiroz, filho de Ubaitaba, foi lembrado pelo governador durante a reunião. Na canoagem, o atleta baiano fez história, conquistando três medalhas na Olimpíada Rio 2016. O ministro disse que já “conversou com a Confederação Brasileira de Canoagem” e garantiu total empenho para a efetivação do equipamento na Bahia. Centro de Treinamento de Boxe Outro projeto também de conhecimento do ministério é o Centro de Treinamento de Boxe e Lutas Olímpicas da Bahia a ser construído em Salvador. Em 2015, a solicitação também chegou a Brasília. Para esta iniciativa, os recursos federais também devem ser empenhados e a obra vai ser realizada. O governador já anunciou que começa no início de 2017 e o valor deve chegar a R$ 15 milhões. “O esporte sempre esteve no nosso radar. Sou um apaixonado pela educação, tenho a determinação de construir com os baianos uma sociedade de paz, e o esporte é caminho para tudo isso”, afirmou Rui. O governador pontuou as histórias de superação de Isaquias e do pugilista Robson Conceição, dois atletas olímpicos, mostrando ao ministro o orgulho que os baianos têm desses campeões e o bom impacto do desempenho deles nas comunidades carentes da Bahia. “O exemplo convence. Queremos convencer a juventude baiana a trilhar o caminho do bem”, enfatizou Rui.

Leia Mais »

Seleção volta ao estádio do 7 a 1 para encarar Argentina pelas Eliminatórias

Seleção volta ao estádio do 7 a 1 para encarar Argentina pelas Eliminatórias

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) confirmou nesta segunda-feira (22) o estádio do Mineirão como palco da partida entre Brasil e Argentina, no dia 11 de novembro.  O jogo valerá pela 11ª rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2018, que acontecerá na Rússia.  A última apresentação do Brasil no estádio foi na traumática eliminação na semifinal da Copa de 2014, quando foi derrotada por 7 a 1 para a Alemanha. Após a convocação da seleção, o técnico Tite falou sobre a derrota histórica. “Não tenho problema nenhum de dizer que o 7 a 1 foi culpa de todos nós do meio do futebol. E não tenho complexo de vira-lata de ficar remoendo o 7 a 1. Ele foi e passou. Temos que olhar pro agora”, afirmou o comandante.  Tite fará sua estreia no banco da amarelinha contra o Equador, no dia 1º de setembro, no estádio Olímpico de Atahualpa, em Quito. (Uol)

Leia Mais »

Sem eira nem beira: escolinha que revelou Isaquias tem estrutura precária

Sem eira nem beira: escolinha que revelou Isaquias tem estrutura precária

A cozinha de onde deveriam sair os lanches virou depósito. A academia, de pouco mais de 10m², mais parece um ferro-velho. O bebedouro está seco, pois a água foi cortada a pedido do projeto, que não poderia mais pagar a conta. Na garagem, barcos ultrapassados e amontoados uns em cima dos outros. É assim, sem eira nem beira que se encontra a escolinha responsável por revelar o maior atleta do Brasil em uma única edição de Olimpíada. À beira do Rio das Contas, um antigo bar abandonado é a casa da canoagem em Ubaitaba, grande celeiro da modalidade no país. Dali saíram campeões brasileiros, pan-americanos, mundiais e Isaquias Queiroz, seu filho ilustre, maior expoente e inspiração para as novas gerações. Quem visita a sede da Associação Cacaueira de Canoagem, porém, custa a acreditar que o pequeno cômodo doado pela prefeitura da cidade do interior da Bahia seja o lugar que revelou o canoísta. Ali, o filho da Dona Dilma deu as primeiras remadas, aprendeu a modalidade e ganhou o mundo. Até 2010, quando mudou-se para São Paulo, Isaquias usava essas dependências, praticamente sem nenhuma estrutura. Após seis anos e muitas medalhas depois, a situação é ainda pior. É na precariedade de condições que obstinados baianos trabalham diariamente para garimpar ouro, prata e bronze em canoas e caiaques velhos, em um rio poluído, sem raia para os treinos e clamando por míseros R$ 600 mensais para subsistência. No local não há livro de contabilidade. Pudera. Nenhum dinheiro entra na escolinha. Há seis anos, quando Camila Lima assumiu como presidente, eles tinham 30 barcos, todos ultrapassados. Hoje, contam com mais 25, mas nenhum deles é de fibra de carbono, melhor tecnologia do mercado. São de fibra de vidro. Os remos, velhos, volta e meia são consertados ali mesmo, na rua, por crianças e professores. Justiça seja feita, se a prefeitura de Ubaitaba não sustenta a escolinha, ao menos é a única que auxilia com algum material quando possível e envia funcionários para a manutenção dos barcos, além do pagamento de R$ 880 mensais para dois professores. Do governo estadual baiano eles não recebem verba. Nem do Ministério do Esporte ou de parceiros privados. – Eu não sei quanto a gente gasta por mês. Na verdade a gente não gasta nada. O que pagávamos antes era a água e a luz, que dava R$ 100 por mês. Os funcionários a prefeitura arca. Se tivesse um apoio mesmo, eu acredito que R$ 600 por mês ficaríamos satisfeitos. Faríamos a manutenção dos barcos. Hoje, falta até a joelheira, o bloco emborrachado para eles remarem. Estamos arrecadando R$ 200 para comprar o emborrachado, para fazer essa estrutura. Compramos no quilo e depois nós mesmos preparamos a joelheira para as crianças – explica a presidente Camila Lima, ex-canoísta. SEM RAIA, SEM LANCHA E SEM LANCHE A Associação Cacaueira de Canoagem de Ubaitaba foi fundada em 1985. Um dos pioneiros foi Jefferson Lacerda, primeiro brasileiro a disputar a modalidade em Olimpíada, em Barcelona 1992. Do município o trabalho se expandiu para Ubatã, cidade vizinha que revelou Erlon de Souza, medalhista ao lado de Isaquias, e também Itacaré. A ideia era criar rivalidade entre os atletas. Daquela época para agora, pouca coisa mudou. Durante 10 meses, entre 2005 e 2006, os núcleos receberam incentivos através do programa Segundo Tempo, do Ministério do Esporte. A fonte secou e só Ubaitaba segue com o trabalho, mas a duras penas. Nem lanche após os treinos eles têm. Não bastassem todas as dificuldades ainda em solo, no Rio das Contas as crianças e jovens ainda precisam encarar outros desafios. A água é poluída. Esgoto in natura ainda é despejado e o nível do rio caiu muito com a estiagem. As plantas aquáticas por vezes se enroscam nos barcos, atrapalhando os treinos. Também existem várias pedras pelo caminho. Por fim, não há uma raia oficial para os treinos. Eles remam se guiando por uma linha imaginária. Camila Lima, presidente e professora, não conta com uma lancha e precisa se esgoelar para passar as instruções às margens do rio. Quando os barcos viram com as crianças, elas mesmas se ajudam. – É de grande importância ter uma raia. Isso faz diferença no treinamento. Sabemos da dificuldade que é, tem pedras no rio, teriam que fazer uma barragem. Tem todo um processo. Isso é uma coisa que até pensamos, mas fica distante, no sonho. Os barcos, queríamos barcos top de linha, de carbono. Uma lancha… Ter uma lancha para acompanhar os meninos seria ótimo. As vezes eles viram do caiaque ou da canoa e temos que gritar para os outros meninos darem suporte a eles, para ajudarem a subir de novo. Se tivesse uma lancha, era meio caminho andado. Aqui temos muitos que são o Isaquias Queiroz no futuro. Mas não pode desistir no primeiro obstáculo. Tem que fazer disso um estímulo – conta a professora. IDA AO BRASILEIRO SOB RISCO Com dois turnos de aulas, pela manhã e a tarde, a escolinha da Associação Cacaueira de Canoagem atende a 60 atletas. São 15 crianças da escolinha de 8h às 10h e mais 15 de 14h às 16h. Os outros são os jovens que treinam por conta própria e fazem exercícios de alongamento e musculação quase que sem orientação profissional adequada. Entre os dias 22 e 25 de setembro, a turma tem mais um desafio pela frente. Curitiba receberá a o Campeonato Brasileiro da modalidade. Com 32 atletas para viajar e mais quatro técnicos, a ida até o Sul ficou orçada em R$ 30 mil. No momento, eles não contam com nada em mãos, mas vão viajar mesmo assim. – Aqui a gente ajuda como pode. Nos juntamos, cada um dá um pouco. A verdade é que nos acostumamos a não ter nada. E vamos continuar nos virando assim. Sempre foi assim. Para Isaquias e Erlon, as medalhas da Olimpíada vão ajudar, mas para esses meninos aqui eu duvido que mude alguma coisa. Depois que passar o oba oba da Olimpíada, vai continuar do jeito que está ou até pior. Nos acostumamos a revelar jovens assim e tenho certeza que outros vão surgir da mesma forma – diz Jefferson Lacerda, pioneiro da canoagem do Brasil em Olimpíada e “salvador” de Isaquias, quando o patrocinou no início da carreira com R$ 50 mensais para que ele não desistisse do esporte. Os meninos que vão para a primeira participação em Campeonato Brasileiro ainda precisam se filiar à Confederação Brasileira de Canoagem. O valor de R$ 40 é alto para muitos. Alguns estão com pai e mãe desempregados e já trabalham na feira, como Jonathan Santos, de 11 anos e uma das …

Leia Mais »

Jovem que passou a noite com Bolt já foi casada com chefe do tráfico carioca

A carioca de 20 anos que teve fotos íntimas ao lado do atleta Usain Bolt vazadas na internet já foi casada com Douglas Donato Pereira, o Diná Terror. De acordo com o jornal ‘Extra’, ele é um ex-chefe do tráfico do Morro Faz Quem Quer e foi morto em março deste ano. (Foto: Reprodução/Facebook) Diná era acusado da morte de duas jovens com idades de 18 e 19 anos. Uma delas foi filmada enquanto era torturada por traficantes e o vídeo vazou nas redes sociais. O caso aconteceu em setembro de 2014. A outra jovem foi morta por vingança, depois que o namorado fugiu do morro levando armas e drogas para o Complexo da Maré. Inclusive, ainda segundo a publicação, a jovem chegou a lamentar a morte de Diná Terror. Quando ele foi morto, ela fez uma postagem lamentando a ausência do traficante, que é pai de seus dois filhos. Na ocasião, ela recebeu apoio de amigos. Noite com Bolt Questionada pelo jornal ‘Extra’ sobre a noite com o ícone do atletismo mundial, a carioca afirmou que mandou a foto somente para um grupo de amigas e reagiu com surpresa ao saber que os registros já circulavam pelo WhatsApp. “Nunca quis ser famosa, estou morta de vergonha”, disse. Ela definiu a noite com o atleta como “normal”, sem dar mais detalhes.

Leia Mais »

Tá acabando! Relembre as dez maiores polêmicas dessa Olimpíada

Tá acabando! Relembre as dez maiores polêmicas dessa Olimpíada

Toda Olimpíada tem suas quebras de recordes. Difícil medir se os jogos olímpicos no Rio foram os mais polêmicos da história, mas é fato que não faltaram controvérsias. Mentiras, racismo, falta de fair play, piadas e declarações infelizes, teve de tudo nessa Olimpíada. Separamos as dez histórias mais polêmicas, veja abaixo. 1. Ouro na mentira (Foto: AFP) O nadador americano Ryan Lochte se empolgou na comemoração da medalha do ouro e bebeu demais. Esse é o fato mais simples de explicar dentro da história em que o atleta se envolveu e foi a maior polêmica dessa Olimpíada: ele e outros três nadadores disseram que foram assaltados por policiais ao saírem de uma festa. Ao investigar, a polícia descobriu que eles apenas foram rendidos por seguranças após causarem uma confusão. Aparentemente, tudo não passou de uma invenção para enganar a namorada de um deles, que não sabia da festa. Dois nadadores foram retirados do vôo de volta para casa e terão que pagar uma multa de R$ 35 mil. 2. #Chateado (Foto: AFP) O recordista mundial do salto com vara, Renaud Lavillenie, ficou muito chateado por ter perdido o ouro para Thiago Braz. O jovem atleta brasileiro fez a melhor marca de sua carreira e superou o francês, que colocou a culpa nas vaias da torcida. Ele chegou a comparar a reação do público com as vaias recebidas pelo americano Jesse Owens, negro, durante os Jogos na Alemanha nazista, em 1936. Um jornalista do Le Monde ajudou a aumentar a polêmica, escrevendo que o técnico de Lavillenie afirmou que a derrota estaria vinculada a “forças místicas, talvez as do candomblé”. No dia seguinte, o jornalista confessou que tinha inventado a declaração. 3. Snap dedo-duro Ângelo e Nory (Foto: Reprodução/Instagram) Após virar o queridinho nas redes sociais, o ginasta Arthur Nory viveu momentos turbulentos. Apesar de ter levado o bronze no solo, muita gente relembrou um episódio racista protagonizado pelo medalhista. Em 2015, ele postou um vídeo em seu perfil no Snapchat, em que fazia piadas racistas para o colega de seleção, Ângelo Assumpção, que é negro. Na ocasião, Nory pediu desculpas, mas o estrago já foi feito. O atleta, inclusive, diz que tem dificuldades de encontrar patrocinadores. 4. Recalque ou indelicadeza? (Foto: Reprodução) Ainda antes dos jogos começarem, Ingrid Oliveira levou um atleta brasileiro para seu quarto na Vila Olímpica. Sua companheira de quarto, Giovanna Pedroso, não gostou de dormir fora e dedurou a colega para os superiores. A polêmica sobre quem tinha razão dominou as redes sociais. O caso piorou quando a dupla dos saltos ornamentais não teve um bom resultado na competição. 5. Repelente de medalha (Foto: Reprodução/Twitter) A goleira da seleção americana de futebol, Hope Solo, postou uma foto com seu “kit zika”: uma rede envolvendo sua cabeça e um repelente. O público brasileiro não gostou da insinuação e bombardeou a jogadora. Além dos memes, sempre que a goleira pegava na bola, a torcida gritava: “ziiiika”. Uma nova onda de memes surgiram quando o time, pela primeira vez em Olimpíadas, voltou para casa sem medalhas. 6. Sim, senhor! (Foto: AFP) Um gesto é alvo de polêmica desde o Pan-Americano em Toronto, em 2015. Uma série de atletas brasileiros presta continência ao subirem no pódio. Nessa Olimíada, o gesto já pôde ser visto na premiação dos ginastas Arthur Nory e Arthur Zanetti, o atirador Felipe Wu e o judoca Rafael Silva. O ato é uma reverência às Forças Armadas, por auxiliar os atletas, inclusive financeiramente. Alguns atletas, no entanto, já declararam que superiores militares solicitam que o gesto seja feito. O técnico de Zanetti chegou a criticar, afirmando que as Forças Armadas ajudam apenas os atletas que já estão “prontos”. 7. Mau perdedor (Foto: AFP) No último dia do judô nas Olimpíadas, o israelense Or Sasson venceu, por ippon, o egípcio Islam El Shehaby. O perdedor se negou a apertar a mão do rival ao final do combate e tentou deixar a área de luta sem a reverência tradicional da modalidade. O púbico vaiou, e muito, e ele foi obrigando a pelo menos acenar com a cabeça. A polêmica sobre a falta de espírito esportivo foi grande, e o Comitê Olímpico Internacional (COI) mandou o egípcio embora – ele foi expulso da Vila Olímpica. 8. Herói ou corrupto? (Foto: AFP) Já para João Havelange o COI se recusou a fazer um gesto. Em homenagem à morte do ex-presidente da Fifa, as bandeiras brasileiras foram hasteadas a meio metro nas instalações da Olimpíada. O COI, no entanto, decidiu não repetir para as bandeiras olímpicas. Em 2011, Havelange foi expulso do COI por denúncias de corrupção, mas o COI não confirmou ter sido esse o motivo. 9. Prefeito stand-up Paes e os australianos (Foto: AFP) O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, resolveu dar uma de humorista e virou o protagonista de uma polêmica. Após críticas feitas pela delegação olímpica da Austráulia, em relação às condições da Vila Olímpica, Paes disse que ia colocar um canguru na frente do local para ficar pulando para os australianos. A piada irritou a delegação. 10. Tchau, querida! (Foto: AFP) Uma investigação da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) apontou que o governo da Rússia operava um esquema estatal de doping que foi amplamente usado nos preparatórios para a Olimpíada de Londres, em 2012, e nos Jogos de Inverno de 2014, sediada pelo próprio país em Sochi. Diversos atletas russos foram, então, banidos da Rio 2016. Uma delas foi a lenda do salto com vara, Yelena Isinbayeva. (Correio)

Leia Mais »

“Provei que sou o maior”, diz Usain Bolt em sua despedida

"Provei que sou o maior", diz Usain Bolt em sua despedida

O atleta jamaicano Usain Bolt chegou à última entrevista de sua carreira olímpica ouvindo e dançando reggae, que tocava em seu celular. Bem à vontade no centro da mesa, entre as equipes do Japão e Canadá, ele ria de algo que mostrava para o colega Asafa Powell no smartphone, brincava com os corredores canadenses e respondia com bom humor às perguntas dos jornalistas. Praticamente todas as perguntas foram direcionadas a ele, que confessou que sentirá saudade da vida de estrela olímpica. “Eu tenho um misto de sentimentos. É um alívio, por ter toda essa pressão de continuar vindo às olimpíadas e conseguir medalhas de ouro o tempo todo. Passei por muito estresse, mas definitivamente vou sentir falta do esporte e das olimpíadas”, disse ele. “A olimpíada é o maior palco para nós atletas, mas eu já fiz tudo o que posso fazer. Eu provei ao mundo que sou o maior no esporte”. Com sua aposentadoria, Bolt afirma acreditar na continuidade da força jamaicana nas corridas olímpicas. “Eu acho que estamos no caminho certo com os mais novos que temos. Meus companheiros jamaicanos, nós provamos ao longo dos anos que somos capazes e que vamos continuar pressionando e fazendo grandes coisas”. O corredor acredita ser um grande embaixador de seu país e afirma que, inclusive, fez com que mais turistas visitassem a Jamaica e mais empregos fossem criados. “Eu tenho feito o máximo que posso pelo meu país e continuarei a fazer depois de me aposentar do esporte”. Toda essa segurança, conta Asafa Powell, não necessariamente vem de muito treino. Para a prova do revezamento 4×100, em que ganhou seu nono ouro, Bolt não fez uma preparação que se pode chamar de “exaustiva” com a equipe. “Não treinamos muito. Eu acho que Usain fez uma sessão de treino e nós duas sessões o ano inteiro. Foi isso. Só aqui, quando chegamos no Brasil. Fizemos duas ou uma”, disse Asafa, que riu dos americanos por terem sido desclassificados por problemas na passada de bastão. “Eu acho que estavam mais focados em nos superar do que em fazer uma corrida decente. Foi a pressão de tentar vencer os jamaicanos”, disse, arrancando risadas de Bolt. Nos jogos do Rio de Janeiro, Bolt repetiu o feito de Pequim e de Londres, com três medalhas de ouro nas mesmas provas: os 100 metros rasos, 200 metros e o revezamento 4×100. Nas três provas, o jamaicano que nunca conheceu outras posições no pódio olímpico deixa seus recordes e não tem receio de dizer que acha difícil que alguém iguale o que conquistou nas três olímpiadas. “Eu espero que tenha estabelecido a marca alta o suficiente para que ninguém consiga de novo. Estou muito orgulhoso de mim”. (Agência Brasil)

Leia Mais »

Corredor francês termina prova mesmo após sofrer problemas intestinais na Rio-2016

(Foto: AFP)

O corredor francês Yohan Diniz protagonizou uma história de superação na prova dos 50 km de marcha atlética na Rio-2016. A prova foi disputada na manhã desta sexta-feira (19). (Foto: AFP) Apesar de não ter subido no pódio, o recordista mundial em 2014 teve forças para terminar a prova mesmo depois de passar mal no percurso. Diniz chegou a defecar e perder a consciência no trajeto. Até começar a passar mal, Diniz liderava a prova. Ele então fez as necessidades fisiológicas e prosseguiu na corrida. Pouco tempo depois, reclamou de dores abdominais e, pouco antes dos 40km, caiu no asfalto. Ele foi socorrido por voluntários, levantou, bebeu água e voltou até cruzar a linha de chegada, na oitava colocação. O resultado foi uma grande vitória pessoal para o francês, uma vez que nas duas últimas edições do Jogos Olímpicos ele não havia conseguido cruzar a linha de chegada. Em Londres, em 2012, foi desclassificado e em Pequim, em 2008, abandonou a prova. A edição do Rio foi vencida pelo eslovaco Matej Toth, que fechou com o tempo de 3h40s58, seguido de perto pelo australiano Jared Tallent. O japonês Hirooki Arai completou o pódio.

Leia Mais »

Vídeo íntimo dos ginastas Arthur Zanetti e Sergio Sasaki volta a circular na web

Vídeo íntimo dos ginastas Arthur Zanetti e Sergio Sasaki volta a circular na web

Um vídeo íntimo gravado em 2011 onde os ginastas Arthur Zanetti, prata nas argolas na Olimpíada do Rio, e Sergio Sasaki aparecem se masturbando em um banheiro voltou a circular na internet nesta quarta-feira (17). Com pouco mais de 35 minutos de duração, as imagens mostram Sergio tirando a roupa e começando a se masturbar. Em seguida, Zanetti entra nas imagens e se masturba de frente para a câmera. Sasaki chama outros atletas brasileiros para participarem do momento. Zanetti ganhou prata nas argolas nos Jogos Olímpicos do Rio (Foto: AFP) É possível ver os atletas fazendo uso de bebidas alcoólicas no alojamento. A gravação foi feita durante a participação do Brasil nos Jogos Pan-Americanos no México. A divulgação do vídeo aconteceu durante as Olimpíadas de Londres em 2012. Na época, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) confirmou a veracidade da gravação e disse que as imagens foram feitas em 2011. A Polícia Federal chegou a ser acionada para impedir a divulgação do vídeo pelas redes sociais.

Leia Mais »

Posição dos atletas na luta olímpica vira motivo de piada na web; veja memes

Com posições inusitadas e performances diferentes, a modalidade movimentou as redes sociais no Brasil, e os usuários, claro, fizeram várias piadas.

Um dos esportes que mais conquistou a internet brasileira nesta Olimpíada foi a luta olímpica. Com posições inusitadas e performances diferentes, a modalidade movimentou as redes sociais no Brasil, e os usuários, claro, fizeram várias piadas. Luta olímpica vira motivo de piada na web (Foto: Reprodução/Twitter) Como o contato físico entre os atletas é muito grande, o Twitter volta e meia bomba com imagens da luta. Um bom exemplo disso é, que, em certos momentos, é necessário que um combatente fique de quatro e o outro vá por trás do adversário. (iBahia)

Leia Mais »

Brasil vence nos pênaltis a Austrália e fica com a vaga na semifinal

Brasil vence nos pênaltis a Austrália e fica com a vaga na semifinal

O Brasil tentou resolver nos 90 minutos. Tentou resolver nos 120 minutos. Mas resolveu somente na sofrida disputa de pênaltis após o placar de 0 a 0 no Mineirão. E quis o destino que a heroína de hoje fugisse do convencional. A craque Marta desperdiçou a quinta cobrança, mas a goleira Bárbara defendeu duas em seguida e classificou o Brasil para a semifinal olímpica contra a Suécia, no Maracanã, na próxima terça.

Leia Mais »

Alemanha tem ‘olimpíada na lama’. Veja Fotos

Na festa, participantes competem em

A cidade alemã de Brunsbuettel, no Mar do Norte, está realizando a tradicional “Wattoluempiade”, ou Olimpíada na Lama. Na festa, participantes competem em modalidades disputadas na lama.Veja fotos: Participantes jogam handebol na lama (Foto: Fabian Bimmer/Reuters) Alemanha tem olimpíada na lama (Foto: Fabian Bimmer/Reuters)  

Leia Mais »

Imagem forte: Armênio fratura braço ao tentar levantar 195kg no arremesso

O armênio Andranik Karapetyan levou a pior na final do levantamento de peso categoria até 77kg masculina. Em sua segunda tentativa da prova do arremesso, o atleta quebrou o braço esquerdo enquanto levantava 195kg e precisou ser retirado imediatamente da disputa. Logo após o ocorrido, Karapetyan urrou de dor e gerou aflição em todos os presentes. Ele foi levado rapidamente à ambulância de plantão no local para os primeiros socorros. De lá, o armênio foi removido a um hospital próximo do Riocentro. Ainda não há informações mais detalhadas sobre o estado do pesista. No momento da lesão, Andranik brigava pelo título da categoria com o chinês Xiajun Lyu, que bateu o recorde mundial do arranco minutos antes, ao levantar 177kg. Pensando estar com o caminho livre para o ouro, Xiajun Lyu chegou a comemorar efusivamente após fazer 202kg no arremesso e atingir um total de 379kg. (Fotos: AFP) Ele não contava, porém, que o cazaque Nijat Rahimov fosse levantar os 214kg necessários para tomar-lhe a primeira colocação. Final de prova: ouro para Rahimov (379kg), prata para Xiajun Lyu (379kg) e bronze para o egípcio Mohamed Mahmoud (361kg). (Globo Esporte)

Leia Mais »

Voluntária dos Jogos Olímpicos pede atleta do rugby em casamento

Apesar da seleção feminina brasileira de Rugby não ter se classificado para as finais, nem tudo foram tristeza pelo lado das jogadoras. Isso porque a atleta Isadora Cerullo foi pedida em casamento pela voluntária dos Jogos Olímpicos Marjorie Enya e ela aceitou no mesmo instante. O momento especial aconteceu na cerimônia que decretou o título olímpico para a Austrália. O Brasil não levou medalha, mas a Marjorie aproveitou que Izzy, como também é conhecida Isadora Cerullo, e as outras jogadoras estavam no gramado e pegou o microfone que fazia parte do evento e declamou o pedido para todos os presentes. Após a resposta com um “sim”, ambas se beijaram e se abraçaram. No entanto faltou o anel de noivado. Como improviso, Marjorie Enya amarrou um laço nos dedos dela e de Izzy para selar o compromisso. (MSN)

Leia Mais »

Com mais dois ouros no Rio, Phelps chega a incríveis 25 medalhas olímpicas

Se Michael Phelps fosse um país, o próximo alvo do nadador americano seria o Brasil. Ontem à noite, o maior medalhista da história olímpica ganhou mais dois ouros e chegou a incríveis 25 medalhas na coleção, sendo 21 douradas. Em 31 edições dos Jogos Olímpicos na história, contando com o Rio-2016, o Brasil tem 24 medalhas de ouro. A primeira medalha de Phelps ontem à noite foi nos 200m borboleta: 1min53s36, apenas quatro centésimos de segundo à frente do japonês Masato Sakai, que cresceu nos 50m finais e colocou em risco a vitória do americano. O húngaro Tamas Kenderesi levou o bronze, com 1min53s62. O intervalo de descanso até a segunda medalha foi curto. Pouco mais de uma hora depois – com seis provas de intervalo -, lá estava Phelps fechando a noite no Parque Aquático Maria Lenk com o revezamento dos Estados Unidos, nos 4x200m livre. Michael Phelps é sinônimo de ouro. Nadador americano de 31 anos é o maior medalhista olímpico da história (Foto: AFP) E não deu outra: 7min00s66 e ouro ao lado de Cono Dwyer, Townley Haas e Ryan Lochte. Prata para a Grã-Bretanha e bronze para o Japão. Phelps já tem três medalhas no Rio. No domingo, venceu o revezamento 4x100m livre. Ele ainda cairá na água para mais três provas: 200m medley, hoje;  100m borboleta amanhã; e o revezamento 4x100m medley na sexta. Convém lembrar que Phelps foi apenas um dos fenômenos que nadaram ontem. Sua compatriota Katie Ledecky venceu os 200m livre com 1min53s73. Prata para a sueca Sarah Sjostrom e bronze para a australiana Emma Mckeon. Nos 200m medley, a húngara Katinka Hosszu bateu recorde olímpico: 2min06s58. Terceiro ouro dela no Rio. Brasil na final O brasileiro Marcelo Chierighini classificou para a final dos 100m livre, que será realizada hoje, às 23h03. Ele nadou para 48s23 e fez o oitavo tempo da semifinal. O americano Nathan Adrian, atual campeão olímpico, liderou com o tempo de 47s83. Nicolas Nilo, em 28º com 49s05, não passou da fase classificatória. (Rede Bahia)

Leia Mais »

Seleção brasileira busca energia baiana para avançar às quartas

Foi em Salvador a última atuação convincente da Seleção Brasileira. Contra o Peru, em novembro, na Fonte Nova, a equipe venceu por 3 a 0. Depois disso, o selecionado só venceu Panamá, em amistoso, por 2 a 0, e o fragilíssimo time do Haiti, por 7 a 1. É naquela partida, disputada há quase nove meses, que o Brasil se inspira para vencer a atual crise. Em dois jogos na Olimpíada, o time comandado pelo baiano Rogério Micale empatou sem gols contra as frágeis África do Sul e Iraque. Nesta quarta-feira, 10, enfrenta a Dinamarca, às 22h, na Fonte Nova, precisando vencer para avançar às quartas de final. “Salvador é um lugar que me traz sorte. Foi aqui o meu primeiro gol na seleção (marcou o segundo sobre o Peru). A torcida apoia muito, e isso, num momento tão difícil como esse, vai fazer toda a diferença”, disse Renato Augusto, um dos mais experientes do grupo, ao lado do goleiro Weverton, com 28 anos. Micale, 47 anos, volta com um peso enorme para a sua cidade natal: “Será a partida mais importante da minha carreira. Como sou baiano, gostaria que meu povo abraçasse a seleção. Apesar de ter vivido pouco tempo aqui, sinto muito orgulho de ser baiano e gostaria que nossa arrancada começasse em Salvador”.

Leia Mais »

Boxeador preso por suspeita de estupro é transferido para Bangu

A delegada Carolina Salomão, da 42º DP (Recreio), afirmou nesta segunda-feira (8) que o treinador do pugilista da Namíbia Jonas Junias Jonas, preso suspeito de estupro, estava no quarto e não tentou impedir o crime. Segundo a delegada, o pugilista já foi levado para um presídio em Bangu, na Zona Oeste. “A vítima alega que o treinador dele estava no quarto, viu a abordagem e não chamou a atenção dele. Nem fez nada para coibir. O treinador teria visto [o crime], mas não deve responder como coautor. Mas o mínimo que ele deveria ter feito é ter reprimido”, afirmou Carolina Salomão. “É um desrespeito às leis e às mulheres brasileiras”, declarou a delegada. O atleta de 22 anos foi preso no domingo (7) por volta de 17h. O treinador, cujo nome não foi divulgado, ainda será ouvido pela polícia. Junias foi reconhecido por foto e depois pessoalmente pela camareira. “Ela limpava outro cômodo, ele a agarrou por trás e deu um beijo no pescoço”, disse a delegada. Segundo Carolina Salomão, a camareira contou que, depois de se soltar do suspeito, o atleta ainda fez gestos de atos sexuais e ofereceu dinheiro para a vítima. A embaixada da Namíbia afirmou que, por enquanto, não vai se pronunciar sobre o assunto. O Comitê do Rio 2016 afirmou se tratar de uma investigação policial e disse que vai acompanhar o caso. O caso envolvendo o boxeador, que foi porta-bandeira da Namíbia na cerimônia de abertura da Olimpíada, ocorreu menos de uma semana após outro boxeador, do Marrocos, ter sido preso também suspeito de estupro na Vila Olímpica. De acordo com o Código Penal brasileiro, o crime de estupro se configura se o autor forçar a vítima a ter conjunção carnal, praticar ato libidinoso (qualquer um que vise prazer sexual) ou obrigar a vítima a permitir que se pratique ato libidinoso com ela. Portanto, qualquer ato com sentido sexual praticado sem consentimento é considerado estupro.Entenda o que diz a legislação brasileira sobre o crime. (G1)

Leia Mais »

Rafaela Silva conquista o primeiro ouro do Brasil no judô

A primeira medalha de ouro do Brasil no Rio-2016 finalmente saiu. Nesta segunda-feira (8), a judoca Rafaela Silva deu um show em sua cidade natal ao derrotar a oponente Sumiya Dorjsuren, da Mongólia, na final da categoria até 57 kg.  A missão não era fácil. Em cinco lutas que já fez contra a adversária, a brasileira havia vencido apenas uma e perdido outras quatro. Sem se apegar ao passado, venceu ao aplicar um wazari na oponente. – Acho que eu só tenho agradecer todo mundo que me deu forças. Treinei bastante para representar todo esse ginásio. Se eu pudesse servir de exemplo para crianças da comunidade, é o que eu tenho para passar para o judô. Treinei tudo que podia nesse ciclo, saia treinando chorando, queria a medalha. Trabalhei o suficiente para conquistar. Para uma criança que cresceu numa comunidade que não tem muito objetivo na vida, como eu, que sou da Cidade de Deus, e começou a fazer judô por brincadeira, agora sou campeã mundial e olímpica – vibrou Rafaela.   Desde que entrou pela primeira vez no tatame nesta segunda, Rafaela decidiu que ela ia muito longe na Olimpíada do Rio. Dona de um enorme talento para o judô, mas nada fã dos exaustivos treinos, ela foi campeã mundial em 2013, porém passou os três últimos anos sem grandes resultados e passou a ralar muito mais nos treinamentos. Estava tudo guardado para a competição na casa dela. Com muita raça, sangue nos olhos e uma técnica apurada, ela contou o apoio de uma ensandecida torcida que vibrou sem parar, pressionando as gringas. A Silva mais famosa do momento derrotou, pela manhã, em sequência, a alemã Myriam Roper (primeira fase), a sul-coreana Jandi Kim (oitavas) e húngara Hedvig Karakas. A vaga na decisão veio com uma emocionante vitória no golden score, a prorrogação do judô, sobre a forte romena Corina Caprioriu, prata em Londres 2012 e vice no Mundial de 2015. – Neste ciclo olímpico, ninguém treinou mais que eu. Não tive bons resultados nos últimos anos, mas me preparei muito. Sofri muito depois da derrota em Londres, pensei em desistir. Nesse ciclo, ninguém treinou mais que eu. Não tive bons resultados nos dois últimos anos, mas me preparei muito. Em Londres vivi o pior momento da minha vida, mas pude me recuperar pra essa competição. Eu cheguei a ficar deitada na cama, desisti. Mas eu não podia deixar de representar o meu país – disse. (Correio/Globo Esporte)

Leia Mais »

“Missão cumprida”, diz Felipe Wu ao faturar a prata na Rio-16

“Missão cumprida”, diz Felipe Wu ao faturar a prata na Rio-16

O primeiro tiro da última série de Felipe Wu garantiria a medalha de ouro na pistola de ar 10m. Atrás do vietnamita Xuan Vinh Hoang desde a quarta série, o atirador brasileiro arrancou 10.2 pontos naquela rodada, enquanto o adversário fez 9.2 pontos. Os dois finalistas foram para a linha de tiro para o disparo decisivo sabendo que Wu estava a ponto de fazer história: 96 anos depois do título olímpico de Guilherme Paraense – cujo nome batiza o centro olímpico de tiro esportivo no Rio –, nos Jogos da Antuérpia, em 1920, um brasileiro poderia voltar a ser campeão no tiro esportivo. “A minha tática é atirar um pouco mais rápido no final porque sei que não só aqui, com esta torcida gigante, mas também em outros eventos, sempre acontece uma reação da torcida. Então eu atirei e a torcida fez o papel dela. Eu sabia que tudo podia acontecer: tanto ele fazer um tiro bom quanto um ruim. Na etapa de Bangcoc, fiz a mesma coisa e o americano fez um tiro ruim por causa do barulho da torcida”, conta Wu, que cravou 10.1 pontos em seu tiro final. Durante os poucos segundos que separaram a aferição da marca de Wu para o momento que a nota de Hoang foi confirmada, o barulho da torcida foi realmente ensurdecedor. O estande lotado explodiu em vaias e gritos para impedir Hoang de tirar a diferença de dois décimos. Mas o sangue frio do rival prevaleceu: com um 10.7 no último tiro, o vietnamita chegou aos 202.5 pontos e eliminou qualquer possibilidade de ouro para Wu, que terminou com 202.1 pontos. Mas a medalha de prata, a que inaugurou a contagem de medalhas dos anfitriões dos Jogos Olímpicos, veio com a sensação de dever cumprido. “Ele atirou muito bem e dei parabéns para ele, porque o resultado foi excepcional. Desde que percebi que ficaria entre os três primeiros, fiquei muito tranquilo. Sentia que a minha missão estava mais do que completa e o que viesse era lucro”. Depois de avançar como sétimo e penúltimo colocado na fase classificatória, superando um começo instável, Felipe Wu chegou para a final empurrado pelo público que lotou o estande de tiro. Seu sobrenome virou um grito de guerra que o levou até o pódio. E o reconhecimento da grandeza do feito do paulista de 24 anos veio quando os espectadores brasileiros entoaram o hino nacional para o segundo colocado. “Todo mundo sabe que o tiro esportivo é um esporte que não é muito conhecido e das dificuldades que tivemos para chegar a esta medalha. É uma grande vitória e a torcida fez um gesto bonito para mim”, elogia. “Eu sempre digo que, no momento de atirar, sou eu, a arma e o alvo e nada pode me atrapalhar. Mas na maior parte do tempo a vibração deles me passou uma energia muito boa. Sempre que eu abaixava a cabeça, ouvia o barulho deles e me sentia muito bem”.

Leia Mais »

O que você não pode perder no 1º dia: Sarah, basquete americano e Zanetti

Vinte modalidades, 16 horas de competições, 12 medalhas de ouro em disputa. O primeiro dia oficial dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro começa logo cedo, às 8h30 com o remo, e termina já na madrugada de domingo com a última partida de vôlei de praia. Para o apaixonado pelo esporte não se perder, o GloboEsporte.com elencou os eventos que você não pode perder de jeito nenhum. O Play nos Jogos, canal gratuito do GloboEsporte.com, acompanhará todas as modalidades, 24hs por dia ao vivo. CLÁSSICO NO HANDEBOL: BRASIL X NORUEGA Campeã mundial em 2013, a seleção feminina de handebol do Brasil tem uma duríssima estreia: enfrenta a Noruega, ouro nas Olimpíadas de 2008 e 2012, e algoz do Brasil há quatro anos, em Londres, nas quartas de final. O jogo contará com três atletas que já foram eleitas a melhor do mundo: Heidi Loke, da Noruega, e Alexandra e Duda, do Brasil. O duelo começa às 9h30, na Arena do Futuro. A PRIMEIRA MEDALHA DOS JOGOS VEM DO TIRO Como já é tradição, o tiro esportivo dará a primeira medalha olímpica dos Jogos do Rio. Por volta das 10h30, em Deodoro, será disputada a final da carabina 10m feminina. Fiquem atentos, pois a decisão não costuma demorar mais de dez minutos. TEM ZANETTI E DIEGO As eliminatórias da ginástica masculina têm inícioàs 10h30, na Arena Olímpica do Rio, já com a participação brasileira. O quinteto brasileiro- Arthur Zanetti, Diego Hypolito, Sérgio Sasaki, Francisco Barreto e Arthur Nory – tentará vaga nas finais por equipes, do individual geral e por aparelhos. As competições seguem até às 21h, com a apresentação das últimas equipes. ESTREIA DOS CAMPEÕES MUNDIAIS Bruno e Alison, campeões mundiais de vôlei de praia, abrem neste sábado a caminhada rumo ao pódio olímpico. Às 11h, em Copacabana, os líderes do ranking jogam contra os canadenses Binstock e Schachter, 20ª melhor dupla da classificação. BRASIL X CAMARÕES O primeiro teste da seleção feminina de vôlei do Brasil é às 15h, no Maracanazinho, contra o time de Camarões. O time de José Roberto Guimarães não deve ter dificuldade contra as africanas, mas começar o torneio com uma boa atuação é essencial para a equipe que busca o tricampeonato olímpico. JUDÔ PODE TER MEDALHA BRASILEIRA Atual campeã olímpica, Sarah Menezes tem tudo para dar a primeira medalha do Brasil no Rio. Favorita ao pódio na categoria até 48kg, ela lutará as eliminatórias a partir das 10h, e, se tudo der certo, voltará ao tatame na parte da tarde. Os combates que valem medalha começam às 15h30, na Arena Carioca.  PÓDIO PODE VIR NO TIRO A primeira medalha da história do Brasil na Olimpíada veio no tiro esportivo, em 1920. Quase um século depois, Felipe Wu pode recolocar o país no pódio na modalidade. Ele é um dos favoritos na prova de pistola 10m, que tem a final marcada para às 15h30, em Deodoro.  JOGÃO NO FUTEBOL FEMININO Estados Unidos e França estão entre as principais favoritas ao pódio no futebol feminino. Pelo sorteio dos grupos, as duas equipes se enfrentam logo na fase de grupos, na primeira fase do evento. O jogo será neste sábado, às 17h, no Mineirão, em Belo Horizonte.  ESTREIA DAS LEONAS O hóquei na grama não é muito popular por aqui, mas é uma paixão na Argentina. Às 17h, em Deodoro, as Leonas, como são conhecidas, estreiam no torneio contra os Estados Unidos. As Hermanas foram ao pódio nas últimas quatro edições da Olimpíada. BASQUETE DOS EUA Mesmo sem todas as estrelas da NBA, o time americano de basquete é um espetáculo a parte. Às 19h, na Arena Carioca, a equipe enfrenta a China, em partida válida pela primeira rodada da Olimpíada. SHOW NA ÁGUA Já no fim do dia, a partir das 22h, acontecem as finais da natação, no Complexo Aquático. A primeira prova é a decisão dos 400m medley masculino, mas a prova que mais promete é o revezamento 4x100m feminino, com a emoção clássica das provas por equipe nas piscinas. Na mesma sessão, acontecem outras três decisões: 400m livre masculino, 400m medley feminino e masculino. (Globo Esporte)

Leia Mais »

Temer é vaiado durante abertura da Olimpíada no Rio; Assista

O presidente em exercício, Michel Temer, foi vaiado durante a cerimônia de abertura da Olimpíada, na noite desta sexta-feira (5), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.  Na parte final da cerimônia, sob muitas vaias e alguns aplausos, Temer assumiu o microfone e falou a frase que abre oficialmente os jogos. No início do evento, ele não havia sido anunciado. Pelo protocolo, o nome do presidente do país-sede é anunciado junto com o do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), mas apenas Thomas Bach foi anunciado antes do hino nacional. A assessoria de Temer afirmou que o presidente em exercício não pediu à organização para não ser anunciado, e que todo o formato da cerimônia foi definido pelo COI. Inicialmente, havia a informação de que Temer tinha pedido para não ter o nome anunciado. Segundo o “O Globo”, no guia de mídia entregue aos jornalistas antes do evento, estava prevista a “apresentação dos presidentes” do COI e do Brasil, mas Temer ficou de fora do anúncio. Na semana passada, ele disse estar “preparadíssimo” para receber vaias na cerimônia de abertura. Durante o dia, ocorreu em Copacabana um protesto que pedia a saída de Temer e a volta da presidente afastada Dilma Rousseff. Por causa da manifestação, o trajeto da tocha olímpica precisou ser alterado. (G1)

Leia Mais »

Abertura é o maior desafio de segurança e mobilidade dos Jogos Olimpicos no Rio

Abertura é o maior desafio de segurança e mobilidade dos Jogos Olimpicos no Rio

O Rio tem nesta sexta-feira (5) o maior desafio de segurança e mobilidade na Olimpíada: transportar os 45 chefes de Estado do antigo Palácio do Itamaraty, no Centro do Rio, e levá-los ao estádio do Maracanã. Hoje (5), às 20h, acontece a cerimônia de abertura da 31ª edição dos Jogos Olímpicos – a primeira da história na América do Sul. Um forte esquema de segurança foi montado para a solenidade de abertura, para garantir a segurança de autoridades como o presidente francês, François Hollande, o secretário de Estado americano, John Kerry, e o presidente em exercício do Brasil, Michel Temer. A cerimônia de abertura deve receber 80 mil pessoas – sendo mais de 11 mil atletas – no Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã. Nesta sexta e nos próximos 16 dias do evento, o Centro Integrado de Comando e Controle Regional, no Centro, servirá como coração da segurança da Rio 2016. Ameaças de terrorismo A ameaça de terrorismo é apenas uma das dificuldades consideradas para garantir a segurança dos Jogos. Os recentes atentados em diversas partes do mundo, como em Nice, Istambul e Frankfurt, deixaram os setores de segurança ainda mais atentos. As recentes prisões de suspeitos de terrorismo foram levadas em conta, mas o alerta no Centro Integrado de Comando e Controle continua no nível amarelo, o segundo em uma escala de quatro níveis, que ainda possui as cores laranja e vermelho, alerta máximo.

Leia Mais »

Cerveja latão custará R$ 13 dentro das arenas olímpicas

Quem tiver vontade de acompanhar as competições olímpicas tomando uma cerveja gelada vai ter que se preparar para gastar um pouco a mais do que o normal. Dentro das arenas, a cerveja – da marca Skol – de 473 ml (latão) custará R$13. O preço é o mesmo que era cobrado no período da Copa do Mundo. A vantagem é que quem comprar cerveja ou refrigerante ganha de brinde um copo especial dos jogos. Já a garrafa de água com 500 ml será vendida por R$ 8. A Coca-Cola de 600 ml, por sua vez, custará R$ 10. Já quem tiver com fome também terá que gastar um pouquinho mais: um cachorro-quente custará R$ 13 e um cheeseburger duplo sairá por R$ 18. Nos caixas será aceito dinheiro e cartões de bandeira Visa.

Leia Mais »

Weverton ocupa o lugar de Prass e será o goleiro do Brasil na Olimpíada: ‘Muito feliz’

Weverton ocupa o lugar de Prass e será o goleiro do Brasil na Olimpíada: 'Muito feliz'

Weverton será o goleiro do Brasil na Olimpíada. O camisa 12 do Atlético-PR foi anunciado na tarde deste domingo (31) para ocupar a vaga de Fernando Prass, cortado depois de uma lesão no cotovelo.  Contra o Cruzeiro, Weverton teve uma atuação espetacular (Foto: Gustavo Oliveira/Atlético-PR/Divulgação)   Weverton está na sua quinta temporada sob as traves do Atlético-PR. No atual Campeonato Brasileiro, foi titular em todos os 17 jogos do Furacão e levou 17 gols. Com 28 anos, o goleiro chega para ocupar a terceira vaga dentre com idade maior do que 23 anos. “Estou muito feliz. A ficha ainda está caindo”, disse o jogador ao site oficial do Atlético Paranaense. “Trabalhamos sempre com a expectativa de que isto possa acontecer”. Vale lembrar que, no início do mês, os técnicos Tite e Rogério Micale (Seleção principal olímpica, respectivamente) estiveram presente na vitória por 3 a 0 do Atlético-PR sobre o Cruzeiro. Naquela partida, Weverton fez 7 defesas e foi um dos grandes destaques. (GOAL)

Leia Mais »

Elenco do Bahia se reapresenta amanhã e só volta a jogar no dia 16

Duas semanas sem entrar em campo. O Bahia só volta a jogar no dia 16 de agosto, quando enfrenta o Atlético-GO, às 20h30, na Fonte Nova. Até lá, se não for ultrapassado no início da 19ª rodada, amanhã, vai amargar o 10º lugar na tabela de classificação da Série B. Com 24 pontos, está a oito do G4 e a cinco da zona de rebaixamento. O próximo adversário tricolor é o quarto colocado e já soma 32 pontos. Guto Ferreira terá mais duas semanas para treinar o time do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia) A pausa será importante para recuperar jogadores titulares que estão machucados, caso dos zagueiros Jackson e Lucas Fonseca e do atacante Edigar Junio. Com eles, o técnico Guto Ferreira não terá desfalques para enfrentar a equipe goiana, já que nenhum jogador está suspenso. A nova “intertemporada” do Bahia será realizada no Fazendão mesmo. Esta é a segunda pausa no campeonato desde que Guto Ferreira assumiu o Bahia. A primeira foi entre a 15ª e a 16ª rodadas, quando o Bahia ficou 10 dias sem entrar em campo. Na ocasião, a delegação tricolor se concentrou em Porto Seguro e realizou os treinos no estádio municipal. Apesar da tranquilidade, o time apenas empatou em 0x0 com o lanterna Sampaio Corrêa no jogo seguinte. Dessa vez, o retorno precisará apresentar resultados diferentes para que o objetivo do acesso continue palpável. “A gente não pode se entregar. Eu não jogo a toalha nunca. A gente tem que ir para cima. Tem que trabalhar, buscar fazer melhor, melhor e melhor e buscar vencer dentro e fora de casa. Temos que conseguir fazer resultados. Não podemos ficar empatando nem perdendo fora”, afirmou o técnico Guto Ferreira após a derrota por 1×0 para o Bragantino, no sábado. Em dívida Guto Ferreira assumiu o Bahia há pouco mais de um mês, a partir do jogo contra o Oeste, dia 28 de junho. De lá pra cá, o treinador acumula duas vitórias, um empate e três derrotas, com três gols marcados e três sofridos. O elenco tricolor folgou ontem e também terá o dia livre hoje. A reapresentação é amanhã à tarde. (Rede Bahia)  

Leia Mais »

Yane Marques será a porta-bandeira do Brasil na abertura dos jogos no Rio 2016

Yane Marques será a porta-bandeira do Brasil na abertura dos jogos no Rio 2016

 pernambucana Yane Marques, atleta do pentatlo moderno, entrará para a história dos Jogos Olímpicos do Brasil. Na próxima sexta-feira (05) ela será a segunda mulher a representar o Brasil levando a bandeira nacional da abertura da competição. Ela entrará com porta-bandeira a frente da delegação brasileira no Maracanã , Rio de Janeiro. Foto: Divulgação/COB Yane foi escolhida por votação pública e teve 49% dos votos. Ela superou os campeões olímpicos Serginho (40%), do vôlei, e Robert Scheidt (11%), da vela. Ao todo, foram 961.562 votos computados. A  primeira mulher a ter essa honra foi Sandra Pires, do vôlei de praia, em Sydney 2000. “Foram algumas surpresas, primeiro a indicação, agora esse resultado. Não esperava não, concorrer com duas feras, que eu admiro demais. É só alegria. Representa muito para mim, carregar a bandeira é uma situação honrosa, no meu país, país sede, todo mundo me assistindo. Quero ser uma porta-bandeira muito alegre e porta-voz do sentimento que os brasileiros, através do esporte, vão se unir”, disse, em entrevista ao Fantástico da Rede Globo, onde foi feita a revelação na noite desse domingo (01). O pentatlo moderno  – que é disputado desde 1912 – é a união de cinco modalidades: esgrima, natação, hipismo, atletismo e tiro esportivo. Yane ganhou o bronze em Londres (2012) e foi ouro nos jogos Pan-Americanos no Rio (2007) e em Toronto (2015). Ela também ganhou prata no Pan do México (2011). (Correio)

Leia Mais »

Bahia é derrotado pelo Brasil de Pelotas e se complica na Série B do Brasileirão

Grávida morre depois de colisão frontal entre dois carros na Rodovia BR-101

Sem vencer nas três últimas partidas do Campeonato Brasileiro da Série B 2016, Bahia e Brasil de Pelotas se enfrentaram na noite desta sexta-feira (24) em jogo válido pela 12ª rodada da competição. E jogando no Estádio Centenário, o Esquadrão de Aço encontrou o seu quarto tropeço seguido ao ser derrotado pelos Xavantes por 2×1 na cidade de Caxias do Sul. Com o resultado, os tricolores estacionam nos 17 pontos e dormem provisoriamente em 9º lugar enquanto os gaúchos sobem para a 7ª posição com 19 pontos. (Bahia Notícias)

Leia Mais »

Ubaitaba: A pedido do vereador Zé Carlos, a Sudesb confirma reforma da sede da ACC

A reforma da ACC – Associação Cacaueira de Canoagem de Ubaitaba -, foi anunciada em uma visita do Superintendente da SUDESB, Elias Dourado, ao município.  O vereador José Carlos e equipe da Canoagem de Ubaitaba recepcionaram o Deputado Davidson Magalhães e o Superintende da Sudesb, Elias Dourado, durante uma visita do Governador da Bahia, Rui Costa, a Aurelino Leal no mês de maio e na oportunidade mostrou a situação da Sede da ACC em Ubaitaba. Após, está primeira visita, Elias Dourado, teria autorizado a reforma da sede da ACC e enviou o Engenheiro/Arquite, Sr. Luiz Brante (SUDESB), para realizar as avaliações necessárias para ser iniciadas as obras. Na oportunidade, Luiz, visitou também o Ginásio de Esporte de Ubaitaba, no objetivo de conseguir futuras reformas para o local. A reforma do ginásio é mais um pedido do vereador Zé Carlos Lona e do Pré-Candidato a prefeito Jailton Araújo ao Governo do Estado. (Ubaitaba.com) Ubaitaba.com-Sempre Atualizado!

Leia Mais »

Faisqueira I é bi campeão do Campeonato Interbairros 2016 de Ubaitaba

No último domingo (5), aconteceu a grande final do Campeonato Interbairros de Futebol Amador de Ubaitaba no Estádio Municipal Felipe Miranda.  A partida entre os times Armandão e Faisqueira I iniciou pontualmente as 15h e foi marcada por grandes jogadas e gools. A disputa pelo título no Campeonato Interbairros de Futebol Amador de Ubaitaba foi acirrada. Apesar do empate de 1 a1, o jogo foi emocionante. As equipes se esforçaram ao máximo para o desempate mais os goleiros fizeram um belíssimo trabalho e grandes defesas. A disputa foi para o pênaltis onde a equipe de Faisqueira I levou a melhor. 4 a 3 foi o placar final da partida que consagrou a equipe Faisqueira I Bi Campeão do Campeonato Interbairros de Futebol Amador de Ubaitaba, edição 2016, que levou o prêmio  de R$3.000,00 (três mil reais). O Interbairros começou em 28 de fevereiro e durou 90 dias, 12 equipes disputaram o campeonato. (Ubaitaba.com) O time do Armandão ficou no 2º  lugar na campeonato e ganhou uma premiação em dinheiro no valor de R$ 1.000,00 (hum mil reais). Na 3ª colocação ficou o time de Piraúna.  Veja o resumo do Campeonato Interbairros de Futebol Amador de Ubaitaba: Binho do Armandão sofreu 01 gol em toda competição, Craque do campeonato Binho do Armandão Artilheiro Adnael do Armandão 06 gols marcados Atleta revelação: Bruno da equipe de Piraúna gol mais bonito: Jonas da equipe do Bela Vista Melhor Técnico: Dinho Armandão ARBITRAGEM DA FINAL JOGO:25 GR:08 ARMANDÃO X FAISQUEIRA I     DATA:05/06/16  HORA:15:00 COMPETIÇÃO: CAMPEONATO INTERBAIRROS EDIÇÃO 2016 CATEGORIA: AMADOR CIDADE: UBAITABA ESTÁDIO: MUNICIPAL FELIPE MIRANDA ÁRBITRO: MOISÉIS FERREIRA SIMÃO DE: FBF/MARACÁS ASSISTENTE 01: NEILDO SANTOS DA CRUZ DE: FBF/UBAITABA ASSISTENTE 02: ÁTILA ALVES DOS SANTOS DE: FBF/UBAITABA 4° ÁRBITRO: JAIDE CAUE DE OLIVEIRA DE: FBF/UBAITABA 5° ÁRBITRO CLÁUDIO FERREIRA DOS SANTOS DE: LUF/UBAITABA DELEGADO ESPECIAL EDVALTER MARINHO DOS SANTOS Ubaitaba.com – Sempre Atualizado!  

Leia Mais »

Ubaitaba: Superintende da Sudesb anuncia reforma da sede da Associação de Canoagem

Durante a visita do Governador da Bahia, Rui Costa (PP), a Aurelino Leal,  Superintendente da SUDESB, Elias Dourado, esteve na cidade de Ubaitaba visitando a Sede da ACC – Associação Cacaueira de Canoagem. O vereador José Carlos e equipe da Canoagem de Ubaitaba recepcionaram o Deputado Davidson Magalhães e o Superintende da Sudesb, Elias Dourado, durante visita do Governador da Bahia a Aurelino Leal e na oportunidade mostrou a situação da Sede da ACC em Ubaitaba. O Deputado Davidson Magalhães falou em seu discurso sobre a importância da reformada da sede da ACC em Ubaitaba que é representada mundialmente pelo campeão Isaquias Queiroz. “Ubaitaba hoje é referência mundial da canoagem então o governo local e estadual precisa olhar para esse esporte com outros olhos. A sede da Associação de  Canoagem Cacaueira – ACC – precisa de uma reforma já” afirma o Deputado. O Governador da Bahia, Rui Costa, parabenizou o atleta Isaquias Queiroz, bicampeão mundial de canoagem, pelo seu desempenho e por fazer uma belíssima representação do Estado da Bahia e o Brasil nos Jogos Olímpicos. (Ubaitaba.com)        

Leia Mais »

Ubatã: Alexandre Sam carrega a Tocha Olímpica neste domingo, em Camamu

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos Rio 2016 enviou convite para o campeão mundial de Karatê, Alexandre Pereira, o Alexandre Sam, para ser um dos participantes do revezamento que vai conduzir a Tocha Olímpica.  O pentacampeão de Karatê terá a emoção que as 12 mil pessoas escolhidas para conduzir a tocha têm a honra sentir. Um revezamento que vai levar o espírito olímpico a mais de 320 cidades de todos os estados e do Distrito Federal. Em março deste ano o multicampeão teve sua história avaliada por meio de empresas patrocinadoras do evento. A chama circulará por 20 mil quilômetros por terra e 10 mil milhas aéreas pelo país, até a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, dia 5 de agosto, no Maracanã. Em tempo, Alexandre, que também é tri-campeão mundial de Karatê, carregará a Tocha Olímpica neste domingo (22), no município de Camamu. (Ubatã Noticias) Leia também: Camamu: Confira o roteiro Oficial do Revezamento da Tocha Olímpica que acontecerá neste domingo (22)

Leia Mais »

Audax e Oeste se fundem para disputar a Série B do Brasileiro

Audax e Oeste fecharam, nesta segunda-feira (16), uma fusão para a disputa da Série B de 2016.

Audax e Oeste fecharam, nesta segunda-feira (16), uma fusão para a disputa da Série B de 2016. O técnico Fernando Diniz selecionará os melhores atletas entre os dois elencos para formar o time que tentará o acesso à elite do futebol nacional no fim deste ano. Tudo será oficializado para a imprensa e para a torcida nesta terça.  Roberto Fonseca, agora ex-técnico do Oeste, confirmou a notícia. “Fui comunicado pela direção que não faço mais parte dos planos. Um grupo de atletas, já a partir de amanhã, irá para Osasco treinar nas instalações do Audax”, disse por telefone. Ernesto Garcia, presidente do Oeste, também confirmou a notícia. “A gente vai conversar com o Fernando e com a diretoria do Audax para bater os detalhes nesta terça-feira”, afirmou. O comunicado aos atletas foi dado de um modo curioso, como revelado pelo blog Bastidores FC e confirmado pelo UOL Esporte. De acordo com jogadores ouvidos pela reportagem, uma lista com os nomes dos convocados foi colocada na parede do vestiário avisando da mudança. Fábio, Mazinho, Fernandinho e Ricardo Bueno, todos com passagens pelo Palmeiras, são alguns dos exemplos dos que foram chamados. A tendência é que o Audax use outros times do mesmo grupo de gestão para formar o grupo que disputará a Série D, vaga conquistada após o vice-campeonato no Paulistão deste ano. A equipe também disputará a Copa do Brasil em 2017. Os dois clubes já haviam feito uma parceria em 2015, na qual o Oeste passou a disputar as partidas da Série B em Osasco. Na ocasião, alguns jogadores do Audax também reforçaram a equipe originária de Itápolis. Vale ressaltar que a equipe continuará disputando a Série B com o nome de Oeste. (Uol)

Leia Mais »

Mudanças no programa para provas de canoagem favorecem Isaquias Queiroz

Em busca de realizar o sonho de ter um pódio triplo nos Jogos Olímpicos Rio 2016, a Confederação Brasileira de Canoagem fez  forte pressão sobre a federação internacional nos últimos dias, para que fossem feitas mudanças no programa das provas de canoagem, a fim de favorecer o baiano Isaquias Queiroz de 22 anos, que promete ser um dos maiores medalhistas do país nos Jogos Rio 2016. Após essa manobra, Queiroz chegará com o status de favorito ao pódio nas três categorias que compete, que são elas: individual dos 200m e 1.000m, e a prova em dupla dos 1.000m com o seu parceiro, Erlon Souza. Embora essa manobra para alterar o calendário seja questionável, ela não é considerada ilegal no universo olímpico, já que, em outros países, que também sediaram os Jogos, já foram requeridas tais mudanças para beneficiar os seus atletas. As autoridades da federação internacional da modalidade, afirmam que a alteração no calendário foi feita para deixar o programa da canoagem com uma divisão melhor, a fim de possibilitar que os atletas possam competir em classes adicionais, conforme informaram as autoridades. O comitê organizador da Rio-2016 se pronunciou, dizendo que a mudança também beneficia o público que quer acompanhar as competições, pois agora haverá provas de diferentes distâncias nos seis dias de competição. Um privilégio oferecido a outras modalidades Para que a americana Allyson Felix, de 30 anos, pudesse participar da prova de atletismo de 200m e 400m, a federação de atletismo dos EUA entrou com recurso pedindo à IAAF (entidade que rege a modalidade) e ao COI (Comitê Olímpico Internacional) para alterar a primeira eliminatória dos 200m para o período da manhã e dos 400m para a noite, para poder beneficiar a dona de quatro ouros e duas pratas olímpicas. A princípio, a primeira rodada eliminatória dos 200m e a final dos 400 seriam em 15 de agosto, com uma diferença apenas de 75 minutos entre elas, o que não daria para Allysson, que é favorita ao pódio em ambas, pudesse participar.  (Blasting News)

Leia Mais »

Bino Lopes vence o masculino do QS 1500 Praia do Forte Pro

Bino Lopes vence o masculino do QS 1500 Praia do Forte Pro

O surfista Matense Bino Lopes (masculino) e Silvana Lima venceram a competição que movimentou o surf mundial. Ao todo, foram 93 inscritos e as provas realizadas na praia do Papagente, na Praia do Forte. A bateria final foi acirrada do início ao fim. Após levar a melhor na disputa na água e ser carregado nos braços da torcida na areia, Bino Lopes ressaltou a qualidade do amigo. “Marquinho é, sem dúvidas, um dos melhores surfistas que temos no Brasil. A bateria não poderia ser diferente. Muito disputada. A cada onda, uma nova emoção. Estou muito feliz por ter feito essa final com ele, que é um amigo que torço muito pelo sucesso dele. Vamos continuar juntos, firmes e fortes levando o nome da Bahia e do Brasil para o mundo”, enfatizou o atleta que também viveu fortes emoções para chegar à decisão, quando bateu Jes sé Mendes na semifinal. Entre as mulheres, deu Silvana Lima mais uma vez. Para chegar ao bicampeonato da competição, ela precisou vencer Jaqueline Silva, por 33 décimos (8.83 x 8.50), na semifinal. Na decisão, contra Nathalie Martins, ela teve uma onda com nota 9.60 e fechou a bateria com 17.93, a maior somatória de toda a competição no masculino e feminino. A final do evento, que teve um forte apoio da prefeitura de Mata de São João, contou com a participação do Prefeito Marcelo Oliveira, que entregou a premiação e viu de perto tanto a força do surf mundial, quanto a receptividade dos Matenses. No Facebook, o gestor municipal pontuou a movimentação gerada pelo evento e parabenizou o Matense Bino Lopes pela vitória. “A Praia do Forte encantou os organizadores, atletas e o público em geral, que lotou a Vila em época de baixa estação. Para completar, nosso campeão, Bino Lopes, foi o grande vencedor na categoria masculino”, publicou. Fonte: Mais Região com Informações ASCOM PMSJ.

Leia Mais »

Rubro-negros lotam ponto de venda para Ba-Vi; tricolores ignoram bilheteria

Atraso, sol, calor, fila, confusão e gritaria. Os rubro-negros estão dispostos a encarar tudo isso para garantir presença na final do Campeonato Baiano, domingo, na Fonte Nova. O Ba-Vi começa às 16h.

Atraso, sol, calor, fila, confusão e gritaria. Os rubro-negros estão dispostos a encarar tudo isso para garantir presença na final do Campeonato Baiano, domingo, na Fonte Nova. O Ba-Vi começa às 16h.  Até o momento, 11 mil ingressos foram vendidos. Como venceu o jogo de ida por 2×0, o Vitória pode perder por um gol de diferença para ser campeão. No shopping Capemi, torcedores do Vitória enfrentam filas, calor, atraso e falta de organização por ingresso (Foto: Arisson Marinho/CORREIO) A venda de ingressos para a torcida do Leão começou ontem, exclusivamente para sócios, e registrou muita procura, além de uma série de falhas. Na fila do Capemi desde as 9h, a torcedora Jéssica Bibiane aguardava, pacientemente, o início da venda, marcada para as 13h30. “Quando cheguei já tinham umas 50 pessoas. Me deram a senha 46 por volta das 13h40, mas a venda só começou às 15h. Estou aqui de sombrinha por causa do calor, com confusão, gente furando fila. Se fosse por mim, já teria ido embora”, reclamou. A informação foi confirmada por um funcionário que organizava as filas na central de sócios. Segundo ele, que não quis se identificar, a venda atrasou “porque a Fonte Nova demorou de enviar os ingressos para os pontos de venda”. A assessoria de comunicação do estádio nega e garante que a responsabilidade da operação é exclusiva do clube. André Mota, outro torcedor, admite que usou um “jeitinho brasileiro” para adquirir os bilhetes. Chegou ao local às 7h, pediu para um dos seguranças guardar seu lugar na fila e só voltou lá às 11h. Além do atraso de uma hora e meia, os torcedores foram surpreendidos com a informação que, diferente do que foi divulgado pelo Vitória, o local não aceitaria cartão, apenas dinheiro. Questionado pela reportagem, o clube informou, inicialmente, que as máquinas de cartão não haviam sido entregues pela Arena nos pontos de venda. No entanto, a assessoria do estádio e a própria central de sócios negam a informação. Questionado novamente, o clube não soube informar por que não aceitava cartão. A venda continuou apenas em espécie, assim como será hoje, das 9h às 18h, para todos os torcedores, no Capemi e no Barradão. Meia-entrada esgotou. Resta inteira, a R$ 80. Tricolores Enquanto os rubro-negros lutavam por um ingresso, os tricolores ignoraram as bilheterias da Fonte, principal ponto de venda da torcida do Bahia. O CORREIO esteve no local, que estava vazio. O preço varia de R$ 15 a R$ 140. Na Fonte Nova, a procura dos tricolores por ingresso para a final do Baiano ainda é fraca (Foto: Evandro Veiga/CORREIO) INGRESSOS: BAHIA Onde comprar  Fonte Nova: bilheteria Norte (inteira), EDG (meia) e Fan shop (sócio), das 9h às 17h; Casa do Tricolor: Bonfim, Pau da Lima, Mercantil Rodrigues, Vilas do Atlântico e shoppings Salvador Norte, Bela Vista e Paseo Itaigara. Apenas inteira do Oeste, Leste e Lounge; www.arenafontenova.com.br Preço  Super Norte: R$ 30; Norte: R$ 40; Leste: R$ 50; Oeste: R$ 80; Lounge: R$ 140 (valores de inteira) Pagamento  Dinheiro ou cartão até amanhã; domingo só em espécie e na Fonte Nova INGRESSOS: VITÓRIA Onde comprar  Barradão e Central Sou Mais Vitória, situada no Shopping Capemi, ambos das 9h às 17h Preço  R$ 80 (inteira). Meia-entrada já esgotou Pagamento  Só dinheiro

Leia Mais »

Maraú: Daniel Junior é ouro no Grand Prix de Karatê. Elite Karatê Clube leva 5 ouros

O jovem marauense Daniel Batista Silva Junior conquistou a medalha de ouro no Kumitê do Grand Prix de Karatê, categoria adulto faixa branca a vermelha, realizado hoje (24) em Salvador. Ele, que foi o único marauense a participar da disputa, é aluno do campeão mundial Alexandre Pereira na Elite Karatê Clube. A equipe da Elite ainda conquistou mais quatro ouros com Carlinhos, na categoria 11 a 12 anos faixa roxa a preta, Silas, na categoria 15 a 17 anos faixa branca a vermelha, Álvaro, na categoria adulto faixa roxa a marrom e  Alexandre Pereira, na categoria adulto faixa preta. (Maraú Notícias)

Leia Mais »

Atletas Ubaitabenses se destacam no Campeonato Baiano de Musculação e Fitness

Os atletas Ubaitabenses Thais Silva, Isaac André e Karol Coutinho se destacaram no último final de semana, no Campeonato Baiano de Musculação e Fitness NABBA, que aconteceu no Teatro Amarantes, em Salvador. O evento, que foi organizado pela NABBA Bahia (National Amateur Body-Builder’s Association), contou com a participação de atletas de todas regiões do estado. A fisiculturista Thais Silva, obteve um excelente desempenho no Campeonato Estadual NABBA, que aconteceu nos dias 15 e 16 de abril, em Salvador. A jovem atleta, que coleciona vários títulos, trouxe para Ubaitaba mais duas estatuetas. Thais ficou em 1º lugar na categoria FIGURE I e se consagrou campeã OVERALL. Em seu perfil de uma rede social, a atleta Thais Silva, agradece a todos que a ajudaram: “É com imensa gratidão e satisfação que venho agradecer a todos que me ajudaram, me motivaram e acreditaram na minha capacidade. Muito obrigado a Nice Magalhães, Victor Farias, Mozart Leal, e toda equipe do ‪#‎CTVICTORMUTANTE ‪#‎SUCODEVIDRO.” A atleta ainda afirma que vai participar do Campeonato Brasileiro, no Mato Grosso, que acontecerá em maio. Além de Thais, mais dois atletas se destacaram no Campeonato Baiano de Musculação e Fitness. O atleta Issac André, que também coleciona títulos nesse esporte, conquistou o 2º lugar na categoria MENS FITNESS. A atleta Karol Coutinho, estreante no esporte,  conseguiu se classificar em seu primeiro campeonato. Ela conquistou 6º lugar na categoria WELLNESS, . (Ubaitaba.com) Leia também: Atleta Ubaitabense leva o primeiro lugar no campeonato de Bodyfitness em Aracaju-SE Brasil conquista 13 medalhas no Sul-americano no Chile Ubaitaba: Roni Abreu vence mais uma luta em campeonato de MMA Ubaitaba: Baiano Figueroa Conceição faz história na África Itacaré começa a se preparar para a passagem da Tocha Olímpica Ubaitaba: Baiano Isaquias Queiroz é considerado o atleta com mais chances de ouro olímpico Ubaitaba: Vereador José Carlos busca apoio para Associação de Canoagem Atleta de Aurelino Leal é convocado para o Arnold Classic Brasil 2016 Ubaitaba.com – Sempre Atualizado!

Leia Mais »

Ainda sem clube, Ávine critica diretoria do Bahia após eliminação

Ainda sem clube, Ávine critica diretoria do Bahia após eliminação

Sem clube desde que deixou o Bahia após o fim do contrato, em fevereiro, o lateral-esquerdo Ávine aproveitou a eliminação do time na Copa do Nordeste para criticar a diretoria. Ávine usou as redes sociais para criticar a atual diretoria do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia) Pelo Instagram, ele mandou o recado: “Espero que esse fracasso sirva de aprendizado e que todos que se acham acima de tudo e de todos coloquem o EC. Bahia como prioridade! Quero saber até onde vão ficar fazendo a torcida do Bahia passar vergonha. Respeite essa torcida”, criticou o jogador. Ávine deixou o Bahia no início da temporada, depois de dez anos no clube, e não escondeu a insatisfação com os atuais gestores do Esquadrão. Ele chegou a revelar que perdeu uma proposta do futebol dos Estados Unidos depois que pessoas do clube afirmaram que ele não estava pronto para atuar. Em março, Ávine foi anunciado como reforço do Luverdense para a Série B, mas o acordo não aconteceu e ele segue em busca de um novo clube.

Leia Mais »

Confira os gols do empate entre Bahia e Fortaleza que garantiram o tricolor na semi do Nordestão

Confira os gols do empate entre Bahia e Fortaleza que garantiram o tricolor na semi do Nordestão

O Bahia está classificado para as semifinais da Copa do Nordeste. O tricolor sofreu diante do Fortaleza, mas conseguiu o empate no segundo tempo e assegurou a vaga depois de vencer o jogo de ida por 2 a 1, na Arena Castelão. o adversário na próxima fase vai ser o Santa Cruz, que passou pelo Ceará. Confira os melhores momentos de Bahia 1 x 1 Fortaleza:  

Leia Mais »

LUF divulga arbitragem para a 4ª rodada do Interbairros 2016

Nesta quinta-feira (17), a Liga Ubaitabense de Futebol (LUF), através do departamento de arbitragem, divulgou a escala da rodada. O Diretor de Árbitros da Liga Ubaitabense de Futebol (LUF), Edvalter Marinho dos Santos, solicita aos Srs. árbitros escalados que, ao tomarem conhecimento das suas escalas, imediatamente comuniquem-se com o Departamento da LUF, através do telefone (73) 981783639 e/ou e-mail (luf_ubaitaba@ig.com.br) para confirmar presença. CONFIRA AS ESCALAS: JOGO: 01 ZITÃO X ARMANDÃO DATA: 20/03/16 HORA: 13:00 CIDADE: UBAITABA ESTÁDIO: MUNICIPAL FELIPE MIRANDA ÁRBITRO: OSEIAS ALMEIDA BONFIM DE: FBF/ITUBERÁ ASSISTENTE 01: NEILTON DA PUREZA DE: FBF/CAMAMU ASSISTENTE 02: JOSÉ ROBERTO S. NEPOMUCENO DE: FBF/CAMAMU 4º ÁRBITRO: LUIZ EDUARDO N. FIGUEIREDO DE: FBF/UBAITABA JOGO: 02 FAISQUEIRA II X PIRAÚNA DATA: 203/03/16 HORA: 15:00 CIDADE: UBAITABA ESTÁDIO: MUNICIPAL FELIPE MIRANDA ÁRBITRO: LENILSON DE JESUS CANELA DE: FBF/CAMAMU ASSISTENTE 01: MARCOS RONIEL P. DOS SANTOS DE: LUF/UBAITABA ASSISTENTE 02: MAGNOVALDO A. DOS SANTOS DE: LUF/A. LEAL 4º ÁRBITRO: CLAÚDIO FERREIRA DOS SANTOS DE: FBF/A. LEAL Ubaitaba, 17 de março de 2016 Edvalter Marinho Dos Santos Presidente da DEARB/LUF

Nesta quinta-feira (17), a Liga Ubaitabense de Futebol (LUF), através do departamento de arbitragem, divulgou a escala da rodada. O Diretor de Árbitros da Liga Ubaitabense de Futebol  (LUF), Edvalter Marinho dos Santos, solicita aos Srs. árbitros escalados que, ao tomarem conhecimento das suas escalas, imediatamente comuniquem-se com o Departamento da LUF, através do telefone (73) 981783639 e/ou e-mail (luf_ubaitaba@ig.com.br) para confirmar presença. CONFIRA AS ESCALAS: JOGO: 01 ZITÃO X ARMANDÃO DATA: 20/03/16 HORA: 13:00  CIDADE: UBAITABA ESTÁDIO: MUNICIPAL FELIPE MIRANDA ÁRBITRO: OSEIAS ALMEIDA BONFIM  DE: FBF/ITUBERÁ ASSISTENTE 01: NEILTON DA PUREZA  DE: FBF/CAMAMU ASSISTENTE 02: JOSÉ ROBERTO S. NEPOMUCENO DE: FBF/CAMAMU  4º ÁRBITRO: LUIZ EDUARDO N. FIGUEIREDO DE: FBF/UBAITABA JOGO: 02 FAISQUEIRA II X PIRAÚNA DATA: 203/03/16 HORA: 15:00  CIDADE: UBAITABA ESTÁDIO: MUNICIPAL FELIPE MIRANDA ÁRBITRO: LENILSON DE JESUS CANELA DE: FBF/CAMAMU ASSISTENTE 01: MARCOS RONIEL P. DOS SANTOS DE: LUF/UBAITABA ASSISTENTE 02: MAGNOVALDO A. DOS SANTOS DE: LUF/A. LEAL 4º ÁRBITRO: CLAÚDIO FERREIRA DOS SANTOS DE: FBF/A. LEAL Ubaitaba, 17 de março de 2016 Edvalter Marinho Dos Santos Presidente da DEARB/LUF

Leia Mais »

Atleta de Aurelino Leal é convocado para o Arnold Classic Brasil 2016

Alvino Muniz,  21 anos , atleta da equipe FBT, estar entre os convocados para o Arnold Classic Brasil na categoria Men´s Physique.                      Muniz , conheceu o bodybuilders , através   das redes sociais. Decidiu por conta própria fazer sua estreia no ano de 2014, conquistando desde então, vários títulos dentre os principais estar o de vice campeão baiano em 2014 e campeão  baiano  em 2015, e Top 8 no campeonato brasileiro em 2016 .Com o intuito melhorar seu desempenho esportivo , Alvino em  agosto de 2015,  decidiu migrar de sua cidade Aurelino Leal , para Salvador.                       Sobre  a sensação de ser  convocado para o Arnold Classic e sua preparação,  Muniz relata“Sem palavras, felicidade enorme em participar de um evento como esse e representar a Bahia. Minha preparação estar muito bem..cem por cento focado esperando o grande momento.Espero mais uma experiência como atleta e bons resultados com fé em Deus´´                    “Alvino é um atleta muito competente no que faz focado e disciplinado e me ouvi sem falhar tem um físico pra esta sempre entre os tops.´´ Palavras de seu treinador Fernando Bear. Entre seus patrocinadores estar a Farmácia Pétala, STS Laboratório,  Bodyheathyfood Gourmet Fit, academia  R1 Sport Club e Dr. Victor Manta.                      “Quero agradecer, a todos os meus patrocinadores, treinador Fernando Bear, minha mãe , minha família, meu amigo João Pedro e sua mãe dona Rosinha que me apoiaram aqui em Salvador.´´ (Bodybuilders Bahia)

Leia Mais »

Daniel Alves diz que dinheiro traz problemas e que fama é uma m*

Daniel Alves diz que dinheiro traz problemas e que fama é uma m*

Apesar de ser um jogador que gosta de aparecer bastante, tanto em eventos como nas redes sociais, o lateral Daniel Alves fez um desabafo contra o dinheiro e a fama em entrevista ao jornal inglês “The Guardian”. “Quanto mais você conhece o mundo de hoje, mais se decepciona. Eu não entendo por que todo mundo luta por poder, dinheiro, fama. Ninguém parou para pensar que a fama é uma m…? Quanto mais dinheiro você tem, mais problemas você tem”, disparou Daniel. Ele ainda criticou quem acredita que dinheiro traz felicidade: “todo mundo quer, quer, quer… O dinheiro é um mal necessário, para te dar bons momentos. Me deu coisas que eu não poderia ter, coisas agradáveis, mas e a felicidade? Isso não é uma questão de dinheiro e fama. Muito pelo contrário”. Daniel costuma dar declarações polêmicas e inclusive distribuiu várias delas no final da temporada passada, quando foi criticado no Barcelona e por pouco não renovou seu contrato. Dessa vez ele também desabafou sobre o assunto. “No ano passado, havia tantas dúvidas se eu estava acabado, se o Barcelona deve se livrar de mim, se eu não deveria estar lá. Me incomodou porque amo a minha profissão, vivo para o futebol, para a minha equipe, meus companheiros de equipe. Se só pensasse em mim, seria inútil”, disparou o ídolo do Barcelona. Por fim, Daniel Alves ainda polemizou dizendo que merece méritos pelo prêmio que o goleiro Claudio Bravo ganhou, de goleiro menos vazado no Campeonato Espanhol: “se Bravo ganhou o Troféu Zamora, em parte é graças a mim. Uma pequena parte, mas é minha. Se não fazem gols em nós, é porque todos nós estamos fazendo um grande trabalho”. Ibahia

Leia Mais »

Ubaitaba: Veja o placar da 3ª rodada do Campeonato Interbairros deste domingo (13)

Ubaitaba: Veja o placar da 3ª rodada do Campeonato Interbairros

Na tarde deste domingo (13) dois grande confrontos aconteceram no Estádio Felipe Miranda, em Ubaitaba. Na 3ª rodada do Campeonato Interbairros em Ubaitaba aconteceram dois confrontos. O time da Telebahia enfrentou o time do Oricó e mais tarde o time Centro jogou contra o Time do Melos. Confira abaixo o placar da rodada: 13/03 13:00    TELEBAHIA 02 x 01 ORICÓ 13/03 15:00    CENTRO 01 x 00 MELOS *Com informações Luf Ubaitaba  

Leia Mais »

Ipiauense disputa mundial de Muay Thai na Tailândia

As lutas iniciam nesta sexta-feira, 11 de março.

Já se encontra na Tailândia, na cidade de Bancoc, o jovem ipiauense Matheus de Oliveira Dantas, 23, conhecido como “Bradack”. As lutas iniciam nesta sexta-feira, 11 de março. Após ter conquistado  o campeonato Pan-Americano de Muay-Thai, na categoria ate 60 kg, no Rio de Janeiro, ele irá representar o Brasil na sua categoria.  É grande a torcida pelo lutador ipiauense. Matheus é filho de Gileno Albertino Dantas, mais conhecido como ‘Xodó’, e de Márcia de Oliveira Dantas, hoje residente na cidade de Teixeira de Freitas. Boa sorte Matheus. (Giro em Ipiaú)

Leia Mais »