Conecte-se conosco

News

Grupo amarelo desobedece a Justiça e poderá ser multado pela segunda vez. Polícia compareceu para conter aglomeração.

Publicado

em

Coordenadores de campanha  da Coligação “Ubaitaba no Caminho Certo”, que representa a prefeita Suka, (PSB) candidata a reeleição, aparecem em vídeo num evento ocorrido na noite desta sexta-feira, 30, no bairro da Ruinha. No vídeo aparece uma grande aglomeração de pessoas com paredão de som, aparentando ter  mais de 300 integrantes, o  que contraria as últimas resoluções sanitárias editadas pelo governo da Bahia, para conter o avanço da pandemia do Covid-19, que estabelece o limite de até 200 pessoas por evento, além de contrariar inclusive, o último acordo  (TAC) com a Justiça Local, Juíz Eleitoral, Polícia Militar, MP,  que proibiu carreatas, passeatas e qualquer evento político, permitindo apenas as visitas com limite máximo de 50 pessoas.

Desde então, Ubaitaba que estava vendo diversas aglomerações políticas acontecendo todos os dias, viu cessar os eventos dos dois principais grupos políticos da cidade, amarelo e vermelho. Mas, hoje Ubaitaba  foi  supreendida por essa aglomeração na Praça da Ruinha. De acordo informações haviam pessoas de todo o município, inclusive da zona rural neste evento  desta noite.

A Polícia Militar esteve no local levou o som do paredão e  logo após o evento se dispersou. Esta poderá ser a segunda multa sofrida pela Coligação da Prefeita Suka Carneiro, que esta semana foi multada em 10 mil reais, pela justiça eleitoral,  por promover carreata em Faisqueira ainda no período da pré-campanha, no dia 30 de agosto de 2020, o que a justiça eleitoral entendeu como propaganda antecipada, já que esses eventos só foram permitidos a partir do dia 30 de setembro.

Apesar de não vermos a prefeita Suka no evento, coordenadores da sua campanha aparecem em imagens divulgadas pelo próprio grupo amarelo. Alguns acreditam que a desobediência ao acordo judicial pode ser uma tentativa do grupo amarelo mostrar força política, após pesquisa eleitoral do Instituto Gasparetto ter sido divulgada semana passada, onde o candidato Bêda Almeida (grupo vermelho) aparecer em ampla vantagem.

Veja o teor da última reunião que aconteceu no dia 15 de outubro, onde reuniu integrantes da Justiça local, Polícia Militar,  MP e representantes de todas as coligações de Ubaitaba, Gongogi e Aurelino Leal:

“Ficou definido, para os três municípios, Ubaitaba, Aurelino Leal e Gongogi, o compromisso de não realização de atos de campanha que importem em aglomeração (passeatas, carreatas, bate-papo, comícios e similares, tais como bandeiradas, adesivação, cavalgadas, motocatas, etc).

Ficaram mantidas somente as visitações, limitadas a 50 pessoas e sem carro de som (…)

Posteriormente, foi esclarecido que não se admitirá propaganda de instigação à desobediência coletiva ao cumprimento da lei de ordem pública; que perturbe o sossego público, com algazarra ou abusos de instrumentos sonoros ou sinais acústicos, tal como determina o artigo 243 do Código Eleitoral. (…) Agradecendo a todos pelo atendimento ao convite, o Juiz Eleitoral, nada mais havendo, encerrou esta ata, que vai assinada pelo magistrado e o promotor eleitoral.”

Trecho do Documento assinado pelos integrantes das Coligações com a Justiça llocal, dia 15/10/2020.

Suka sofre multa de 10 mil reais pela Justiça Eleitoral

“Isso posto, JULGO PROCEDENTE A REPRESENTAÇÃO, com resolução de mérito (art. 487, I, do CPC), e CONDENO a Representada SUELI CARNEIRO DA SILVA CARVALHO a pagar multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais), nos termos do art. 36, § 3o, da Lei n. 9.504/97.” Trecho da Setença do Processo nº 0600407-84.2020.6.05.0073Sentença (1) ATA REUNIÃO COLIGAÇÕES (1)  que multou a prefeita Suka.

Veja também:

ATA REUNIÃO COLIGAÇÕES (1)

Sentença (1)

Publicidade

Notícias da Semana

Copyright © 2020 Ubaitaba.com.