Conecte-se conosco

Bahia

Sobe para 1,2 mil o nº de casos de dengue em Itabuna; cidade passa por epidemia da doença

Publicado

em

O número de casos de dengue confirmados em Itabuna, cidade do sul da Bahia, aumentou 5% em comparação com o divulgado no boletim epidemiológico da última quinta-feira (19). Segundo a Secretaria de Saúde, o município vive uma epidemia da doença com 1,2 mil casos confirmados até esta terça-feira (24).

Em abril deste ano, a prefeitura já havia emitido um alerta vermelho referente ao aumento de casos de dengue, zika e chikungunya, provocadas pelo mosquito Aedes Aegypti. Na ocasião, foram notificados 440 casos de pessoas com sintomas das doenças, até o dia 8 de abril.

Até o final de fevereiro deste ano, o mosquito não apresentava riscos na cidade e haviam apenas 36 casos da doença em Itabuna. Em relação aos índices de 2021, os casos cresceram mais que 300%, entre janeiro e maio. No ano passado, do primeiro mês do ano até junho, a cidade teve 203 casos de dengue confirmados.

O que fazer?

Especialistas chamam a atenção para as responsabilidades individuais no combate às doenças provocadas pelo Aedes Aegypti. Entre as recomendações básicas estão:

– Evitar qualquer reservatório de água parada sem proteção em casa, já que o mosquito pode usar como criadouros grandes espaços, como caixas d’água e piscinas abertas, até pequenos objetos, como tampas de garrafa e vasos de planta;

– Limpar quintais e varandas, com especial atenção para depósitos, calhas e objetos que ficam ao relento e podem acumular água da chuva;

– Instalar telas em portas e janelas ou usar repelentes na pele.

Por fim, é importante ficar atento aos sintomas da dengue, como febre, cansaço, vermelhidão em partes do corpo, coceira e dores na cabeça, nos músculos, nas articulações ou atrás dos olhos.

Após o diagnóstico da doença, a recomendação é fazer repouso, reforçar a hidratação e, se necessário, usar remédios que aliviam alguns desses incômodos, sob orientação médica.

Notícias da Semana

Copyright © 2021 Ubaitaba.com. Uma empresa do grupo Comunika