Conecte-se conosco

AÇÃO POLICIAL

Traficantes mortos e toque de recolher em Porto Seguro

Publicado

em

Clima tenso em Porto Seguro.

porto-seguro

Depois que três traficantes tombarem mortos em confronto com á Polícia Militar e armas serem apreendidas na tarde desta terça-feira, (7), bandidos anunciaram o toque de recolher nos bairros Baianão e Pindorama. A praça, que tem sempre um grande movimento, ficou deserta desde às 15 horas, – parecia que era madrugada. O local tem vários comerciantes e residências e todas estão lacradas.
A Polícia Militar vem realizando, desde a semana passada, uma série de ações contra a criminalidade na Costa do Descobrimento. A ação tem como objetivo capturar bandidos envolvidos em diversos crimes na região, dentre eles roubos a correspondentes bancários, explosões de caixas eletrônicos e homicídios.

No local foram apreendidos R$ 10 mil em espécie, uma máquina de contar cédulas, munição de fuzil e pistolas. Para o major Anacleto França, comandante do 8º Batalhão de Porto Seguro, a quadrilha, cujo líder seria William Guimarães, fugitivo do presídio de Eunápolis, tem envolvimento no roubou a um correspondente bancário em Santa Luzia, na sexta-feira e na explosão de um caixa eletrônico em um supermercado em Porto Seguro, na segunda. Ainda de acordo com o major, William é um dos acusados de matar o soldado Dênisson Rodrigues Sampaio, há um ano, durante assalto à agência dos Correios na cidade de São José da Vitória.
De acordo com a Polícia Militar, algumas pessoas estão se aproveitando da situação para tentar desvirtuar a ação policial, determinando medidas como o fechamento do comércio no Complexão Baianão e outros bairros de Porto Seguro, para que a PM saia do foco da operação. “Ratificamos que o policiamento está fortalecido para evitar incidentes de qualquer natureza na cidade de Porto Seguro”, finalizou major França. (Radar64)
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

Notícias da Semana

Copyright © 2020 Ubaitaba.com.