Conecte-se conosco

News

Homem tem recuperação quase total após reconstrução facial

Publicado

em

Americano ganhou mandíbula, dentes, língua, pele, nervos e músculos. Richard Lee Norris, de 37 anos, sofreu acidente com arma em 1997.

Richard Lee Norris antes e depois do acidente

O americano Richard Lee Norris, de 37 anos, está quase totalmente recuperado após passar pelo maior transplante de reconstrução facial já feito, entre 19 e 20 de março.

O homem foi operado durante 36 horas no Centro Médico da Universidade de Maryland, nos EUA, e ganhou mandíbula, dentes, língua, pele, nervos e músculos desde o couro cabeludo até o pescoço.

Liderados pelo dr. Edward Rodriguez, cem profissionais –  entre médicos, cientistas e universitários – foram envolvidos nos procedimentos, de forma presencial ou virtual. Os tecidos usados na operação vieram de um doador anônimo cujos órgãos salvaram a vida de outros cinco pacientes.

A foto mais recente foi tirada 114 dias após a cirurgia – em julho – e divulgada esta semana. Norris, que é de Hillsville, Virgínia, disparou acidentalmente uma arma de fogo contra si mesmo em 1997 e desde então vivia recluso. Nas raras ocasiões em que saia à rua, sempre à noite, usava máscara.

Richard Lee Norris, à esquerda dias após a cirurgia e à direita, já quase totalmente recuperado

Norris deve agora recuperar suas funções estéticas e motoras, segundo os médicos. Do lado direito, a motricidade foi 80% restaurada e, do esquerdo, 40%. O paciente já consegue escovar os dentes, fazer a barba e reconhecer cheiros.

“Agora sou capaz de passar pelas pessoas sem ninguém me dar uma segunda olhada. Poderei começar a trabalhar nesta nova vida que me deram de volta”, diz o homem.

A operação envolveu dez anos de pesquisas e foi financiada pela Marinha dos EUA, que espera que as técnicas possam ser usadas em breve para tratar soldados feridos nas guerras do Iraque e do Afeganistão. Segundo o governo americano, mais de 200 militares poderiam precisar de transplantes de rosto. Outros mil perderam braços e pernas e também seriam beneficiados.

Em 2005, a França fez o primeiro transplante facial da história, em uma mulher atacada por um cachorro. Cinco anos depois, cirurgiões espanhóis realizaram o primeiro transplante completo de face. Nos EUA, isso ocorreu em 2008. Até hoje, já foram feitas 22 reconstruções desse tipo.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

Notícias da Semana

Copyright © 2020 Ubaitaba.com.