Conecte-se conosco

ENSAIOS E ENTRETENIMENTO

O Facebook será pago e sem privacidade.

Publicado

em

Mensagem que circula pela Facebook afirma que daqui a 12 horas farão uma busca em seu perfil para saber se você aceita que seus dados sejam enviados ao governo americano! Verdadeiro ou falso?

O texto apareceu na rede social de Mark Zuckerberg no dia 07 de julho de 2013.

Mentiras do facebook

O conteúdo é mais um dos inúmeros avisos que sempre aparecem no Facebook sobre a possibilidade do serviço passar a ser pago. Dessa vez, o autor da nota pede para que o usuário copie e cole o texto em seu próprio perfil para que seus dados não sejam enviados ao governo americano e para que todos os serviços continuem gratuitos.
A notícia também afirma que falta pouco tempo até que a fiscalização do Facebook comece a pesquisar em todos os perfis para saberem quem autoriza e quem não autoriza a cobrança.
O texto completo que se espalhou na web é esse:

facebook pago1
Texto afirma que Facebook será pago! Verdadeiro ou falso? (reprodução/Facebook)
Verdadeiro ou falso?
O texto é falso! Trata-se de uma sátira aos muitos boatos que surgem diariamente no Facebook!
Como já mostramos diversas vezes aqui no E-farsas, os hoaxes possuem algumas características recorrentes:
Cita nomes de empresas confiáveis para dar mais credibilidade ao que se quer divulgar
Trata de um assunto que atraia o maior numero de pessoas possível
Não é datada, dessa forma o texto pode circular diversas vezes no ano
Pede para ser repassado (ou compartilhado)
Mistura fatos reais com vários trechos de ficção

Desmontando um hoax
Logo no primeiro parágrafo, temos:
“FALTAM 12 HORAS PRAZO FINAL, ACABOU DE SAIR NA MÍDIA, EXTRA OFICIAL, passou no Domingo Fantástico (domingo passado) e no Programa do Ratinho na quinta-feira, no Jornal Nacional e na terça-feira, na rede CBM na segunda-feira, no show do Calypso no sábado passado e no Corean On Line[…]”
A partir de que momento estaria sendo contado esse prazo citado no texto? O autor diz que o fato teria sido divulgado no “domingo passado”, mas não diz o dia. Dessa forma, esse boato poderá ser reaproveitado diversas vezes.
Além disso, o autor desse hoax também usou o recurso de acrescentar o nome de algumas “autoridades” ao texto, para dar mais credibilidade ao mesmo. No caso, usou o nome dos programas Fantástico e Jornal Nacional, da Rede Globo e o Programa do Ratinho, do SBT!
É pouco provável que a Rede Globo de televisão tenha mencionado o Facebook na sua programação. Conforme noticiado em diversos jornais de circulação nacional, desde o final de maio de 2013, a Globo proibiu formalmente que seus programas citem o Facebook e o Twitter. A determinação, segundo a direção da emissora, é que apresentadores e reportagens deverão substituir “Facebook” por “uma grande rede social” e “Twitter” por “rede social de mensagens curtas”.
Quanto ao Programa do Ratinho (e demais mídias onde a notícia teria sido veiculada) não encontramos nada a respeito.
A seguir, nos próximos parágrafos, o autor afirma que:
“[…]Daqui a 30 horas os fiscais do Face darão início a busca seletiva avançada a procura desse aviso no seu mural, tal qual está escrito aqui, e então o facebook e todos os serviços continuarão a ser gratuitos e sem o envio de dados ao governo americano. Do contrário, os dados continuarão a ser pesquisados pelo governo americano, as fotos serão visíveis por todos e seu nome irá para lista de inadimplentes com inclusão no SCP – CPT – SERAZA – OLGIZ – BANK CITY – BOBONIS E TROLINS (conforme lei 3102/07-06, recentemente aprovada pelo congresso federal)[…]”
Novamente, o autor coloca o fator tempo em seu texto. O leitor desavisado fica tentado a colar o anuncio o mais rápido possível em seu próprio perfil para que seus dados não fiquem expostos e para que o Facebook continue grátis! Repetindo o que foi escrito mais acima nesse artigo, como o texto não é datado, daqui uns dias veremos esse mesmo aviso rondando a web com o mesmo prazo se esgotando.
Aqui nesse parágrafo, o autor mostra que tudo não passou de uma piada, uma sátira de um boato mais antigo que já pesquisamos aqui no E-farsas em fevereiro de 2013. Na época, o hoax alertava para o fato do “Feice” passar a ser cobrado, a menos que o usuário copiasse e colasse o texto em seu próprio perfil.
Quem inventou essa história que apareceu em julho de 2013 inseriu um monte de siglas em seu texto para tentar confundir o leitor (que muitas vezes não pesquisa um pouco antes de sair espalhando notícias falsas). Note que “SERAZA” se escreve com “S” e não com “Z”. As supostas organizações “BOBONIS” e “TROLINS” não existem e foram colocadas no texto com o propósito de confirmar a tese de que muita gente compartilha se prestar a atenção no teor do texto.
Igualmente falsa é a tal lei 3102/07-06 citada no texto. Não há nenhuma lei que regulamente a espionagem.
No final do texto, o autor do boato pede para que o texto seja colado no perfil do leitor, sob a pena de ter seus dados enviados ao governo americano e exibidos publicamente, além do serviço deixar de ser gratuito. Essa é uma ótima maneira de repassar o boato adiante.
Boatos mais comuns no Facebook
Fizemos há um tempinho um artigo mostrando os cinco boatos mais comuns que circulam todos os anos no Facebook. Vale a pena uma leitura.
Conclusão
Não existe essa história de Facebook passar a ser cobrado! Além do mais, se o serviço passar a ser cobrado e você não quiser pagar, basta migrar para outra rede social.
Fonte: E-farsas.

 

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe um Comentário

Notícias da Semana

Copyright © 2020 Ubaitaba.com.