Conecte-se conosco

BRASIL & MUNDO

Vai a 42 o nº de mortos no gigantesco incêndio no norte da Califórnia

Publicado

em

Vai a 42 o nº de mortos no gigantesco incêndio no norte da Califórnia

Vai a 42 o nº de mortos no gigantesco incêndio no norte da Califórnia

O incêndio que atinge o norte da Califórnia desde quinta-feira, o Camp Fire, deixou 42 mortos até agora e se tornou o mais letal registrado no estado americano. Já o Woolsey, que atinge o sul, deixou dois mortos.

O Camp Fire, que afeta uma ampla região do condado de Butte, na cordilheira Sierra Nevada, ao norte da capital do estado, Sacramento, é o maior e mais devastador dos três que estão ativos no estado.

O xerife do condado de Butte, Kory Honea, explicou que 13 mortos foram encontrados nesta segunda-feira (12). Dez deles estavam na cidade de Paradise, que tem 26 mil habitantes e que foi completamente destruída pelas chamas. Os outros três estavam na pequena cidade de Concow.

O número de vítimas ainda pode subir nos próximos dias porque 228 pessoas estão desaparecidas.

O incêndio obrigou 52 mil pessoas deixar suas casas – cerca de 1,3 mil delas estão em abrigos improvisados. Mais de 7.000 imóveis, na sua maioria casas, foram destruídos. Ele destruiu um total de 45.700 hectares e, até na noite de segunda-feira, os bombeiros só conseguiram conter 25% das chamas.

Até então, o incêndio que atingiu o Griffith Park (Los Angeles), em 1933, tinha deixado 29 mortos era considerado o mais letal da história da Califórnia, de acordo com o Departamento de Bombeiros da Califórnia (Cal Fire).

O tempo seco e os fortes ventos contribuíram para a propagação das chamas dos últimos dias. As causas dos incêndios são investigadas. (G1)

Copyright © 2024 - Comunika